• 21 de dezembro de 2022
  • 8 minutos

O que é empreendedorismo local e qual a sua importância?

8 minutos

Muitas vezes negligenciado, o fortalecimento do empreendedorismo local pode ser a porta de entrada para o desenvolvimento de talentos diversos, além de contribuir consideravelmente de forma econômica e social para uma localidade.

Segundo dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae, os pequenos negócios representam 27% do PIB do Brasil. Além disso, essas empresas empregam 52% da mão de obra formal no país.

Esses números falam por si só e demonstram a importância de se investir e fortalecer os pequenos negócios locais. Além disso, eles apontam o quão rentável pode ser criar uma empresa local, seja voltada para indústria, comércio ou prestação de serviços.

No entanto, como sabemos que pouco se fala do empreendedorismo local, preparamos este conteúdo. Nesse post você vai descobrir o que significa esse termo, a sua importância e ainda vai conferir dicas de como desenvolver a sua própria microempresa.

Portanto, continue a leitura para descobrir tudo isso e muito mais!

O que é empreendedorismo local?

Basicamente, o empreendedorismo local consiste no desenvolvimento e fortalecimento de negócios de pequeno ou médio porte dentro de uma cidade ou região.

Nesse sentido, cabe destacar que esses negócios podem ser pequenas indústrias, comércios, microempresas voltadas para a prestação de serviços ou até mesmo as atividades dos microempreendedores individuais (MEIs).

Desse modo, para que o empreendedorismo local aconteça de forma sustentável, é muito importante que haja um incentivo governamental e que os empreendedores da região se unam para conseguirem colocar em prática suas ações e se fortalecerem.

Qual é a importância do empreendedorismo local?

Para o empreendedor, o fortalecimento do empreendedorismo local é extremamente essencial para a valorização e o crescimento do seu negócio.

Além disso, esse tipo de empreendedorismo também se destaca como uma oportunidade para indivíduos que querem empreender, mas muitas vezes não sabem por onde começar ou não encontram oportunidade para isso.

Mas ainda podemos ir além! De um modo geral, para a localidade na qual ocorre o desenvolvimento do empreendedorismo local, as vantagens são inúmeras, e acabam proporcionando ainda mais benefícios diretos e indiretos aos empreendedores.

Abaixo, listamos algumas dessas vantagens:

Geração de emprego

A geração de emprego é uma das primeiras e mais evidentes vantagens do empreendedorismo local.

E a explicação é bem simples de entender: quanto mais negócios existirem em uma região, mais vagas de trabalho serão criadas. Inclusive, os dados que apresentamos no início deste conteúdo não nos deixam mentir.

Vale dizer que isso contribui para que os moradores da cidade não precisem se deslocar e perder horas no trânsito para trabalharem em outra cidade. Ou seja, essa vantagem também traz mais qualidade de vida para a população.

Geração de renda local

Com o desenvolvimento dos negócios locais, também há uma geração de renda local. Afinal, as pessoas poderão adquirir seus produtos e serviços dentro da própria cidade.

Isso, naturalmente, movimenta a economia local e permite um maior desenvolvimento da região. Como você pode perceber, tudo está muito interligado.

Fortalecimento do comércio regional

Outro benefício do empreendedorismo local é o fortalecimento do comércio regional. Com mais empregos na cidade e mais pessoas consumindo ali, os negócios tendem a crescer e se fortalecer.

Além disso, a qualidade dos próprios produtos é infinitamente melhor. Isso porque eles não precisam passar por deslocamentos e nem por diversos processamentos. Logo, a chance de a mercadoria chegar danificada na casa do consumidor é muito menor.

Atração de novos negócios

Todo empreendedor deseja instalar o seu negócio em um local onde a economia está aquecida e girando, não é mesmo? Nesse sentido, o crescimento de negócios locais atrai novos empreendimentos, o que é ainda melhor para o desenvolvimento da região.

Além disso, para a população, esse é um benefício gigantesco, considerando que ela poderá encontrar uma diversidade de serviços e comércios dentro da própria cidade e não precisará se deslocar para regiões afastadas atrás deles.

Desenvolvimento social e territorial

Quando há o fortalecimento do empreendedorismo local, há uma atração maior de negócios como vimos, certo? Isso, consequentemente, aumenta a arrecadação de impostos dentro do município, pois existem mais empresas instaladas.

Para a comunidade, isso é maravilhoso, pois os valores recolhidos devem ser convertidos em melhorias e desenvolvimento da infraestrutura, segurança, transporte, entre outros setores fundamentais para o andamento de uma cidade.

Portanto, mais uma vez a população se beneficia com esse tipo de empreendedorismo.

Inovação tecnológica

Por fim, mas não menos importante, também tende a haver uma grande inovação tecnológica. Isso porque podem ser instalados novos maquinários e equipamentos para o perfeito funcionamento de todas as atividades.

Portanto, a região também ganha em desenvolvimento tecnológico!

Como desenvolver uma microempresa?

Se você gostou de conhecer mais sobre o empreendedorismo local e sente que na sua região há um bom espaço para você desenvolver uma microempresa, então o próximo passo é colocar a mão na massa e empreender!

Mas, para isso, é necessário seguir algumas dicas a fim de garantir o sucesso e a sustentabilidade do seu negócio.

Dessa forma, preparamos uma espécie de checklist para te ajudar. Confira!

Tenha um atendimento de qualidade

Não é novidade para ninguém que em toda empresa o atendimento é peça-chave para a durabilidade do negócio, não é mesmo? Afinal, a experiência do consumidor conta (e muito!) para a aceitação do seu empreendimento no mercado.

No entanto, quando falamos de empreendedorismo local, esse ponto se torna ainda mais significativo. Isso porque a repercussão de opiniões dentro de uma cidade, principalmente se essa for pequena, é gigantesca e muito rápida.

Portanto, se você quer que o seu negócio cresça, ofereça um atendimento de qualidade aos seus clientes, pois com certeza a experiência dos consumidores será satisfatória e isso levará adiante o nome da sua empresa ou do seu comércio.

Conheça a concorrência

Outro passo importante é conhecer a concorrência e realizar uma análise minuciosa dessa. Aqui, você deve investigar o que os concorrentes oferecem que agrada o público e quais atitudes ou produtos eles têm que desagradam os consumidores.

Com esses dois pontos, você consegue entender o que você pode implementar no seu negócio (sem copiar, é claro), e o que definitivamente você não deve fazer.

Mas vale dizer que, além de analisar a concorrência local, procure entender o que empresas do mesmo segmento que o seu, mas de outras regiões fazem. Esse é um ponto, inclusive, para você conseguir trazer novidades para a sua região e se destacar.

Tenha um planejamento financeiro

É claro que não deixaríamos de falar do planejamento financeiro! Afinal, saber controlar e organizar o dinheiro do seu negócio é tudo para a sustentabilidade desse, ainda que ele seja bem pequeno.

Sim, sem um bom planejamento das finanças, dificilmente seu negócio terá longevidade.

Aqui, você deve ter uma visão geral sobre a saúde da sua empresa para tomar decisões assertivas, como realizar um investimento ou contratar mais funcionários, por exemplo.

Nesse sentido, um bom planejamento financeiro deve seguir as seguintes etapas:

  1. Definição dos objetivos do seu negócio.
  2. Definição de um plano de ação com metas tangíveis.
  3. Anotação de todos os custos e despesas (fixas e variáveis) da sua empresa.
  4. Criação de orçamentos para variados períodos, como mensais, semestrais e anuais.
  5. Registro de todas as movimentações financeiras do negócio.

Seguindo essas etapas, com certeza você terá sempre as finanças da sua empresa sob controle, o que contribui para o seu crescimento.

Capacite-se

Para sempre inovar no mercado, otimizar suas operações, se destacar da concorrência e entregar o melhor aos seus clientes, é importante se capacitar constantemente.

Afinal, o mercado está sempre mudando, e isso demanda de você conhecimento para se adaptar a essas mudanças. Por isso, capacite-se em cursos presenciais ou online.

Além disso, procure saber se a sua cidade oferece algumas ações voltadas para o empreendedor em parceria com o Sebrae ou com outra instituição e extraia o máximo de conhecimento que você puder!

Aposte no marketing boca a boca

Por fim, mas não menos importante, aposte no marketing boca a boca. Ou seja, conte com os seus clientes para divulgar o seu negócio. Essa é a estratégia de marketing mais poderosa que existe, principalmente em cidades pequenas e médias.

Dessa forma, para conseguir que o seu cliente faça essa “propaganda de graça” para você, é importante:

  • Oferecer um bom atendimento;
  • Entregar um produto de qualidade;
  • Investir em programas de indicação e fidelização;
  • Criar promoções em datas comemorativas;
  • Oferecer cupons de desconto.

Essas e outras medidas podem ser muito úteis para fazer com que o cliente tenha a melhor experiência no seu negócio e te indique para muitas pessoas.

Conclusão

Como vimos neste artigo, o empreendedorismo local é poderoso para a população e, principalmente, para os empreendedores. Por isso, é tão importante aderir a movimentos que visem o seu fortalecimento.  

Nesse cenário, se você está decidido a abrir um negócio local ou se já tem um e pretende expandi-lo, entre em contato com o Sistema Ailos.

Oferecemos diversas soluções para o seu negócio, como linhas de crédito especiais para permitir que você se consagre na sua região! 

ailos_blog_admin

Receba nossa newsletter

Inscreva-se

Faça um comentário

Últimos comentários (0)

Ocultar comentários
O Internet Explorer está sendo descontinuado.
Por favor, use outro navegador para acessar o blog. Veja alguns navegadores que você pode utilizar: