• 29 de agosto de 2022
  • 8 minutos

Conheça as maiores cooperativas de crédito no Brasil e como funcionam!

8 minutos

Segundo o WOCCU (Conselho Mundial de Cooperativas de Crédito), há mais de 85 mil cooperativas de crédito ativas no mundo, representando mais de 274 milhões de associados nos 117 países em que essas instituições estão presentes. 

As cooperativas de crédito no Brasil fazem parte de um segmento que não para de crescer. De acordo com o Anuário do Cooperativismo Brasileiro, já havia mais de 5 mil cooperativas operando em território nacional, com 15,5 milhões de cooperados.

Para fazer parte desse cenário tão promissor, é importante compreender como as cooperativas de crédito funcionam no Brasil. Acompanhe o conteúdo a seguir e descubra!

Conheça as cooperativas do Sistema Ailos e encontre a ideal para você!

O Sistema Nacional de Cooperativas de Crédito (SNCC)

Olhado além da Política Nacional de Cooperativismo, o cooperativismo no Brasil possui uma definição própria. Baseado na Lei Complementar nº 130/2009, está o SNCC (Sistema Nacional de Crédito Cooperativo.

Esse sistema é responsável por regulamentar as cooperativas, bem como direcionar sua atuação, as classificando em níveis, por exemplo. 

Ele ainda aborda outros conceitos, como as cooperativas singulares, que operam somente com moeda nacional. Também existem as cooperativas plenas, que praticam todo tipo de transação financeira. 

Política Nacional do Cooperativismo

Sancionada em 1971, a Política Nacional do Cooperativismo é representada pela Lei nº 5.764. Ela determina as obrigações e direitos das sociedades cooperativas, bem como estabelece suas características.

É indispensável que todas as organizações do tipo atendam às normas. No Brasil, as cooperativas de crédito são fiscalizadas pelo Banco Central, enquanto outras são monitoradas por órgãos diferentes.

Como operam as cooperativas de crédito no Brasil?

Conforme dissemos inicialmente, o WOCCU (Conselho Mundial de Cooperativas de Crédito) indica que existem mais de 85 mil cooperativas operantes no mundo. 

Quando falamos do sistema de cooperativas de crédito do Brasil, é importante lembrar que nos referimos a um sistema bem específico e, por isso, exige uma atenção especial.

De modo geral, as cooperativas de crédito brasileiras são organizações financeiras sem fins lucrativos, focadas em oferecer serviços financeiros para seus associados. 

Elas concentram operações como criação de conta corrente, fornecimento de cartões (crédito e débito), aplicação de investimentos e outros. Assim, muitos acreditam que essas cooperativas podem substituir os bancos tradicionais e gerar mais benefícios.

Inclusive, as cooperativas são as únicas instituições financeiras existentes em mais de 600 municípios brasileiros. Elas cumprem com todas as regras do Banco Central e do Conselho Monetário Nacional.

Como não possuem foco na lucratividade, as sobras financeiras são distribuídas proporcionalmente entre os cooperados, de acordo com suas movimentações. Por outro lado, o voto nas assembleias é igualitário a todos os associados. 

As sociedades cooperativas também são classificadas em 3 níveis diferentes, conforme o número de associados:

  1. Singulares: sociedades cooperativas de 1º grau, que tem como objetivo prestar serviços diretos aos associados. É composta por, ao menos, 20 cooperados;
  2. Centrais: sociedades cooperativas de 2º grau, que tem como objetivo organizar os serviços das filiadas para simplificar seu uso. É composta, ao menos, de 3 cooperativas singulares;
  3. Confederações: sociedades cooperativas de 3º grau, que tem como objetivo fazer valer seus interesses, supervisionar e integrar as operações financeiras. É composta por, ao menos, 3 cooperativas centrais, podendo conter a figura de um banco cooperativo ou não.

Quais são os perfis de cooperativas no Brasil?

Antes de falarmos sobre qual a melhor cooperativa de crédito brasileira, ainda há alguns aspectos que merecem mais atenção. Por exemplo, você sabia que existem diferentes perfis de cooperativas de crédito?

Todas elas estão definidas pelas normas da Política Nacional do Cooperativismo, que determina as condições de admissão de associados e atuação dessas organizações. 

De livre admissão

Cooperativas de livre admissão, ou cooperativas abertas, recebem todas as pessoas físicas e quase todas as pessoas jurídicas — dentro da mesma área de atuação. 

Não podem se tornar associados as PJs que oferecem concorrência para a própria cooperativa, nem  união, os estados, municípios e o Distrito Federal. 

De crédito rural

Entre as cooperativas de crédito no Brasil, estão as cooperativas de crédito rural. São formadas por pessoas que exercem atividades agrícolas, pecuárias ou extrativas no mesmo setor de atuação da cooperativa. 

Também inclui-se aqueles que se dedicam à pesca ou à transformação do pescado.

De crédito mútuo

Tratam-se de cooperativas fundadas antes de 1999 — período em que o Conselho Monetário proibiu a criação de novas cooperativas dessa modalidade. Em suma, são cooperativas de crédito mútuo (Luzzatti) urbanas, com livre admissão de associados. 

De pequenos negócios

São cooperativas voltadas para atender empresários de pequenos negócios industriais, comerciais ou da prestação de serviços, e também as atividades da área rural. O critério para admissão é que a receita bruta anual não ultrapasse R$2,4 milhões. 

De empresários

Essas cooperativas admitem empresários de qualquer porte, sejam eles vinculados direta ou indiretamente a sindicatos ou associações patronais de todos os níveis. As empresas devem estar em funcionamento a, pelo menos, 3 anos, a partir da formação da cooperativa.

De profissionais e trabalhadores

Consiste nas cooperativas dedicadas a atender médicos, engenheiros, contadores, comerciantes industriais segmentados e outros profissionais que se dedicam a uma ou mais profissões de atividades. 

As confederações de centrais (sistemas cooperativos de crédito)

Depois de conhecer os perfis de cooperativas de crédito no Brasil, veja quais são as organizações de 3° grau — confederações — atuantes no país. 

Sicoob 

O Sistema de Cooperativas Financeiras do Brasil foi criado em 1997 e conta com mais de 5 milhões de associados. No geral, são quase 400 cooperativas singulares, com atividade em todos os estados do país. 

Essa cooperativa está prestes a alcançar o número de 2 mil cidades atendidas, sendo que já possui mais de 3 mil pontos de atendimento. Além disso, existem milhares de caixas eletrônicos distribuídos por todo o território nacional. 

Segundo o ranking de Melhores e Maiores da revista Exame, o Sicoob é o 47º maior grupo empresarial do Brasil.

Sicredi 

Outra confederação de peso das cooperativas de crédito no Brasil, o Sistema de Crédito Cooperativo foi fundado em 1902, carregando o título da primeira cooperativa de crédito brasileira. 

Atualmente, possui quase 5 milhões de associados e marca presença em 23 estados, além do Distrito Federal. São 2 mil agências distribuídas em 108 cooperativas, com 30 mil colaboradores. 

Um ótimo destaque é que a empresa firmou parcerias internacionais no setor financeiro. Entre elas está a multinacional holandesa Rabobank, atuante em 40 países. 

Outra, é a IFC (International Finance Corporation), uma corporação associada ao Banco Mundial, membro do Grupo Banco Mundial. 

Unicred

Criado há 30 anos, o Sistema Unicred também contribuiu para a formação da Confederação Nacional das Cooperativas Centrais Unicred, em 1994. Uma Confederação Nacional representa a empresa, com sede em São Paulo e em Porto Alegre. 

A Unicred também marca presença em 15 estados brasileiros. Ao todo, são 280 Unidades de Negócios, 4 Unicreds Centrais, 35 cooperativas e mais de 220 mil associados. 

Cooperativas centrais de crédito no país

Também não podemos esquecer de citar as cooperativas de crédito no Brasil de 2º grau, ou seja, as cooperativas centrais. Veja abaixo.

Central Ailos

Entre as maiores cooperativas do Brasil de 2º grau, a Central Ailos nasceu em 2019, e atua exclusivamente em áreas urbanas do Sul brasileiro, promovendo qualidade de vida para seus associados e sua comunidade.

Ao todo, são 13 cooperativas em atividade, distribuídas em mais de 100 municípios com 278 postos de atendimento. Está presente nos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná, com mais de 1,4 milhão de associados. 

Cecoop

Outra grande organização central das cooperativas de crédito no Brasil, a Central Cooperativa de Crédito foi fundada em 2003. 

Uma de suas principais conquistas foi a autonomia concedida pelo Banco Central, que lhe permitiu realizar operações bancárias, por meio do código 114 e pela COMPE (Conta de Compensação Própria).

CrediSIS

A CrediSIS nasceu da união de quatro cooperativas do estado de Rondônia, em 2000. 

Atualmente, a Central de Cooperativas de Crédito Ltda. se localiza em Ji-Paraná (RO), além de possuir 8 cooperativas filiadas com mais de 40 agências entre Rondônia, Acre e Pará.

Também conta com 42 mil cooperados e 680 colaboradores.

Cooperativas de crédito singulares no Brasil

Além dos exemplos que citamos nos tópicos anteriores, é importante que você também conheça as cooperativas singulares brasileiras. Entre as maiores cooperativas de crédito do brasil de 1º grau, estão:

  • CECRED: com sede em Santa Catarina, possui 15 cooperativas singulares filiadas à Cooperativa Central de Crédito Urbano, sendo 2 de Livre Admissão e 5 de Empresários;
  • CECRERS: com sede no Rio Grande do Sul, possui 17 cooperativas singulares filiadas à Cecrers Central, sendo uma delas na categoria de Empresários;
  • CENTRALCRED: com sede em Rondônia, possui 10 cooperativas singulares filiadas à Cooperativa Central de Crédito Noroeste Brasileiro, no ramo do Crédito Rural;
  • CECOOPES: com sede no Espírito Santo, possui 3 cooperativas urbanas filiadas à Cooperativa Central de Economia e Crédito Mútuo do Espírito Santo;
  • UNIPRIME: composta por 8 cooperativas derivadas da Unicred, sendo 6 no Paraná e 2 do Mato Grosso do Sul. 
  • VIACRED: fundada em 1951, possui sede em Santa Catarina. Atualmente, conta com 99 postos de atendimento, mais de 640 mil associados e 1,5 mil colaboradores.

Conheça as cooperativas do Sistema Ailos e encontre a ideal para você!

Conclusão

Neste artigo, você aprendeu sobre as cooperativas de crédito no Brasil, seu funcionamento, principais perfis e alguns exemplos de organizações. 

Entre as cooperativas citadas, falamos um pouco sobre a Central Ailos, que possui mais de 1,4 milhão de associados. Então, não perca tempo e conheça já a cooperativa!

Receba nossa newsletter

Inscreva-se

O Internet Explorer está sendo descontinuado.
Por favor, use outro navegador para acessar o blog. Veja alguns navegadores que você pode utilizar: