• 19 de dezembro de 2022
  • 12 minutos

Seguro prestamista: entenda o que é e como acionar

12 minutos

O conceito de seguro é ficar protegido de imprevistos em diversas áreas da vida, como saúde, financeiro, imobiliário, patrimônio e muito mais. 

É muito importante estarmos assegurados, já que não sabemos quando acidentes e imprevistos podem acontecer e quais serão seus prejuízos. 

Apesar de existirem diversos tipos de seguros, você já ouviu falar sobre o serviço de segurança para empréstimos e financiamentos? 

Conhecido como seguro prestamista, o serviço não é tão conhecido, mas, nos últimos anos, vem ganhando notoriedade no mercado. 

Esse tipo de seguro atende tanto pessoas físicas quanto jurídicas e, embora não seja popular, é muito importante em situações de desemprego, falta de recursos ou até morte. 

Para você entender melhor como funciona esse seguro prestamista, a Ailos, neste artigo, explicará detalhadamente o que é, para que serve e como acionar esse serviço. 

Se você está em busca de seguros para proteger sua vida e seus bens, conte com os serviços da Cooperativa Ailos. Venha conhecer nossos tipos de seguros! 

O que é seguro prestamista?

De início, o termo “prestamista” pode causar um pouco de estranheza, mas é mais simples do que parece. Ele significa ao ato de pagar uma prestação, como ocorre em empréstimos, consórcios e financiamentos. 

Ou seja, o seguro prestamista nada mais é do que o serviço que garante o pagamento das prestações que não foram pagas por algum motivo específico. 

Dessa maneira, se o indivíduo foi negativado pela falta de pagamento de prestações, seu seguro prestamista cobrirá o valor que está em aberto — de acordo com as condições do contrato. 

O objetivo principal do seguro prestamista é assegurar o indivíduo em caso de morte, perda de renda por desemprego e outras situações inesperadas. 

Deste modo, o seguro prestamista protege àqueles que realizaram empréstimos ou financiamentos, por exemplo. Afinal, esse serviço assume a dívida que estiver prevista no contrato. 

Com esse serviço, o segurado (pessoa que contrata o seguro) não precisa se preocupar com possíveis inadimplências em casos de situações inesperadas, já que o serviço pode cobrir os débitos em aberto. 

Como funciona? 

O seguro prestamista foi desenvolvido, especialmente, para pessoas físicas e jurídicas que adquiriram um empréstimo ou financiamento. 

Portanto, como dito anteriormente, o seguro serve para cobrir uma obrigação financeira que o cliente não conseguiu cumprir. Algumas dívidas que esse serviço cobre são: 

  • Empréstimo pessoal; 
  • Condomínio; 
  • Carnê de loja; 
  • Consórcio; 
  • Empréstimo empresarial; 
  • Empréstimo consignado; 
  • Financiamento de veículo; 
  • Cheque especial; 
  • Cartão de crédito. 

Essas só são algumas dívidas que o seguro prestamista pode cobrir. No entanto, outros débitos podem estar inclusos no contrato do serviço. 

Por isso, é importante conversar com o seu consultor de seguros e analisar quais são os débitos que estão incluídos no contrato. 

Vamos fazer uma exemplificação. Imagine que você solicitou um empréstimo para comprar o seu carro, mas, no meio do caminho, ficou desempregado. 

Se você tiver contratado o seguro prestamista, a inadimplência não será aplicada, já que o serviço cobrirá a dívida — caso esteja previsto no contrato. 

Qual a finalidade do seguro prestamista?

A finalidade do seguro prestamista é oferecer segurança a um indivíduo em caso de situações financeiras inesperadas. 

Se um segurado, por algum motivo, não conseguir pagar uma obrigação financeira, o seguro prestamista pode ser acionado para cobrir o débito.

No entanto, muitas pessoas que têm interesse no serviço, ficam em dúvida em quais casos o seguro pode ser acionado. Por isso, a Ailos trouxe as principais situações em que o seguro pode ser utilizado. Confira abaixo! 

Cobrir morte natural 

Em caso de morte, o seguro prestamista pode cobrir as dívidas do segurado antes mesmo do sinistro. Ou seja, o serviço evita que os débitos sejam herdados pelos familiares. 

Nesses casos, para realizar a solicitação é necessário apresentar a documentação comprobatória do óbito a seguradora, como o atestado. 

Cobrir morte acidental 

Muitas pessoas pensam que o seguro prestamista só pode ser acionado quando o segurado vai a óbito por causas naturais, mas não é bem assim. 

Você também pode ativar o sinistro do seu seguro quando ocorre a morte natural do segurado. Para isso, também é necessário apresentar o Atestado de Óbito para a seguradora. 

Cobrir perda da renda 

Os profissionais CLT que são demitidos sem justa causa, podem acionar o seguro prestamista para quitar suas dívidas pendentes. 

No entanto, é necessário comprovar a demissão com documentos, como termo de rescisão, registro de carteira de trabalho ou outra informação solicitada pela seguradora. 

Invalidez total 

No caso de invalidez total, que impeça diretamente da execução da rotina trabalhista, principalmente para profissionais autônomos, o seguro prestamista também garante que as dívidas adquiridas pelo segurado sejam quitadas. 

No entanto, é necessário mostrar à seguradora documentos e laudos médicos que comprovem a incapacidade física total do segurado. 

Invalidez por acidente 

Caso o segurado sofra algum acidente que o deixe incapacitado de realizar suas atividades, o seguro prestamista consegue cobrir seus débitos em aberto. 

Igualmente a invalidez total, também é necessário mostrar à seguradora laudos médicos que comprovem a inatividade do profissional — nesse caso, temporária. 

Quando o seguro prestamista pode ser valioso? 

Apesar do seguro prestamista não ser popularmente conhecido, ele pode salvar a vida financeira dos indivíduos em situações inesperadas. 

Por esse motivo, ele está ganhando a atenção das pessoas físicas e jurídicas, já que é uma garantia de não ficar inadimplente em casos de falta de recursos financeiros. 

Imagine se você perder o seu emprego ou falir, com o seguro prestamista você poderá ficar despreocupado com as dívidas. 

Se no momento do contrato você assegurou boa parte de suas dívidas, a seguradora cobrirá tudo para seu nome não ser negativado. 

Existem situações em que o seguro prestamista, literalmente, pode ser muito valioso. Separamos as principais para você. Confira abaixo! 

Durante o parcelamento do cartão de crédito 

Quando a situação financeira “aperta”, especialmente com o cartão de crédito, uma das opções oferecidas pela instituição financeira é o parcelamento da fatura. 

Por um lado, essa opção pode ser benéfica para indivíduos que já têm suas finanças organizadas para cumprir com o parcelamento. 

No entanto, não são todas as pessoas que conseguem cumprir com as prestações do cartão de crédito e acabam entrando em uma bola de neve. 

Para evitar situações como essa, o seguro prestamista pode ser a solução. Isso porque ele cobre as prestações das parcelas da fatura. 

Realizando financiamentos 

Em algumas situações, muitas vezes, as pessoas que adquirem um financiamento, acabam não cumprindo com a responsabilidade do pagamento de todas as prestações. 

E, igualmente ao cartão de crédito, o acúmulo de prestações de um financiamento pode acabar se tornando uma grande “bola de neve”. 

Para você conseguir cumprir com as parcelas do seu financiamento, você pode contratar os serviços do seguro prestamista. 

Se acontecer algum imprevisto durante o pagamento do financiamento, é só acionar o sinistro do serviço e evitar a inadimplência. 

Em empréstimos pessoais 

Como ressaltado anteriormente, o seguro prestamista é um serviço que foi desenvolvido, exclusivamente, para pessoas que adquiriram um empréstimo ou financiamento. 

A partir de um momento da vida, pode ficar um pouco difícil lidar com todas as responsabilidades financeiras. E isso pode acarretar um possível endividamento. 

A falta de pagamento de empréstimos nas instituições financeiras é muito alta, já que pode acontecer um descontrole financeiro por parte do contratante.

Uma forma de resolver esse problema, caso você esteja nele, é optando pelo seguro prestamista. 

Por exemplo, se você ficar desempregado ou perder seu patrimônio, enquanto você se recupera, o serviço pode quitar as prestações do empréstimo pendentes. 

Em empréstimos consignados

Diferente dos empréstimos pessoais, que o indivíduo precisa pagar as prestações mensalmente, a parcela do consignado é descontada diretamente do salário. 

Em alguns casos, o indivíduo pode perder o seu emprego e, consequentemente, ficar sem salário. Dessa maneira, a instituição financeira não terá mais onde descontar as prestações de empréstimo. 

Caso isso aconteça, o seguro prestamista também consegue cobrir as parcelas restantes da sua dívida até você se recuperar financeiramente. 

No entanto, é importante que você converse com o seu agente de seguros para saber se o empréstimo consignado está incluso no contrato. Se a resposta for positiva, apresente os documentos do desligamento ou o registro da carteira trabalhista. 

Como acionar o seguro prestamista? 

O seguro prestamista pode ser acionado a qualquer momento quando houver ocorrência de algum sinistro. 

No entanto, só é possível solicitar o serviço enquanto o prazo de vigência da apólice do seguro estiver vigente. 

É válido ressaltar que todas as assistências e coberturas solicitadas devem estar previstas em contrato. Caso contrário, o sinistro não será concedido. 

Geralmente, a vigência do contrato do seguro dura conforme as prestações do empréstimo ou financiamento. No entanto, é importante você verificar essa informação com a seguradora que presta o serviço. 

Para acionar o seguro prestamista, é necessário que o próprio segurado ou algum familiar entre em contato diretamente com a seguradora, ou corretora do serviço. 

Os documentos que precisarão ser apresentados para a seguradora dependerão do tipo de sinistro que foi acionado. 

Por exemplo, se foi por óbito, será necessário que os familiares apresentem as documentações, como atestado de óbito, para comprovar o falecimento. 

Ou então, caso seja desamparo trabalhista, o segurado deverá mostrar as documentações que comprovem o desligamento, como rescisão ou registro de carteira de trabalho. 

Após a apresentação, a seguradora irá analisar a solicitação de sinistro e retornará com uma resposta positiva ou negativa. 

Para o processo ser mais simples para você, a Cooperativa Ailos separou um passo a passo de como acionar o seguro prestamista. Confira abaixo! 

Confira as condições do seu contrato 

Na hora de acionar o seguro prestamista, é necessário que você certifique se o imprevisto está previsto no contrato. 

Se no contrato não constar no contrato a situação, a seguradora não poderá conceder os serviços de prestamista. 

No entanto, se o seguro cobrir a sua dívida, só será necessário entrar em contato com a seguradora e enviar os documentos que comprovam a veracidade da situação. 

Para você não ficar na mão nessas situações, na hora da contratação do serviço, converse com o agente da seguradora e retire todas suas dúvidas sobre a cobertura de imprevistos. 

Entre em contato com a seguradora responsável 

Após analisar as condições de cobertura do seu contrato, é preciso entrar em contato diretamente com a sua seguradora ou corretora. 

No momento que você perceber que será necessário a cobertura do seguro, entre em contato com a central de atendimento da seguradora e explique a situação. 

Feito isso, a seguradora solicitará os documentos de comprovação da situação. Você pode enviá-los por e-mail ou por outro meio de comunicação da empresa. 

Não se esqueça de enviar todos os documentos solicitados, para assim, sua solicitação ser aprovada brevemente. 

Organize a documentação necessária 

Depois de entrar em contato com a seguradora, separe os documentos solicitados para enviá-los por e-mail ou por outro meio de comunicação da empresa. 

É válido ressaltar que se estiver faltando algum documento, existe a probabilidade da seguradora recusar a sua solicitação de sinistro

Portanto, antes de enviar os documentos para validação, revise se não está faltando nenhum. Se estiver, providencie o mais rápido possível. 

No entanto, se a seguradora recusar sua solicitação mesmo com todos os documentos, é necessário você entrar em contato com a equipe de atendimento para saber mais detalhes. 

Como realizar a contratação deste seguro? 

Como podemos ver, o seguro prestamista está diretamente relacionado a uma dívida derivada de um financiamento, empréstimo ou consórcio. 

Por isso, a oferta do serviço, geralmente, acontece no momento da aquisição do crédito, sendo oferecida pela própria instituição financeira. 

No entanto, você não será obrigado a contratar o seguro. Ou então, se deseja adquirir o seguro, não é necessário fechar contrato diretamente com a instituição financeira. 

Ao invés disso, você pode realizar uma pesquisa extensa de seguradoras e saber qual será a mais benéfica para o seu estilo de vida. 

Apesar de não ser um produto obrigatório na aquisição de crédito, com o seguro prestamista, você e sua família conseguirão ficar mais tranquilos em momentos de aperto financeiro. 

Ou seja, a contratação desse tipo de serviço é fundamental para aqueles que estão em busca de fechar financiamentos ou empréstimos, ou até mesmo gastar no cartão de crédito, com segurança. 

Se está em busca de uma instituição financeira que preserve seu patrimônio e proteja sua vida financeira, a Cooperativa Ailos é a solução. 

Nosso objetivo principal é auxiliar nossos clientes a atingirem seus objetivos, oferecendo soluções que possam ajudar no controle financeiro. 

Não deixe a segurança do seu patrimônio para depois, venha conhecer os benefícios dos Seguro Ailos! 

Conclusão 

O seguro prestamista é um serviço que todo indivíduo deveria contratar. Ele também é importante igualmente ao seguro de vida, imóvel, automóvel e outros. 

Com ele você garante mais tranquilidade na hora da contratação de crédito e fica livre da inadimplência. 

No entanto, para você ter uma abertura completa, é necessário contar com uma empresa especializada e qualificada em seguros. 

Lembre-se, o melhor seguro é aquele que se integra com suas necessidades, como o do Ailos. Conheça nossas soluções e promova mais segurança no seu cotidiano financeiro! 

ailos_blog_admin

Receba nossa newsletter

Inscreva-se

Faça um comentário

Últimos comentários (0)

Ocultar comentários
O Internet Explorer está sendo descontinuado.
Por favor, use outro navegador para acessar o blog. Veja alguns navegadores que você pode utilizar: