• 29 de agosto de 2022
  • 18 minutos

Conta corrente: o que é, como funciona, tipos e vantagens

18 minutos

A conta corrente é um serviço que bancos públicos e particulares oferecem, sendo ideal para quem precisa realizar com frequência transações, seja para pagar, fazer depósitos ou sacar dinheiro.

Sua principal característica e benefício é que para movimentar o dinheiro guardado, você não precisa fazer nenhum aviso prévio ao seu banco.

Está interessado em abrir esse tipo de conta? Então vem com a gente que neste artigo te explicamos desde o que ela é e como abrir uma, até os seus serviços disponíveis e como fechá-la.

Conheça já as nossas soluções financeiras que cooperam com as pessoas, seus sonhos e negócios.

O que é conta corrente?

A conta corrente é uma conta bancária que pode ser aberta em bancos públicos ou particulares, físicos ou digitais, por pessoa física ou jurídica e, quase sempre, não tem nenhuma rentabilidade sobre o dinheiro depositado.

A sua principal característica é oferecer fácil acesso aos fundos que são depositados nela, permitindo saques e depósitos ilimitados e sem autorização prévia do banco.

Justamente por isso ela é perfeita para usar no cotidiano, com a chance de ser acessada em agência física, caixa eletrônico, aplicativos dos bancos ou internet banking.

Como funciona a conta corrente?

A conta corrente funciona como o tipo mais comum de conta bancária, permitindo que você faça as principais operações financeiras, como transações, no momento que precisar, dentro do horário comercial.

No mais, ela também funciona para você ter fácil acesso a:

  • empréstimos;
  • extratos e saldo;
  • financiamentos;
  • DOC e TED;
  • pagamentos de contas;
  • cartões de crédito e débito;
  • internet banking;
  • investimentos;
  • cheques.

O que é preciso para abrir uma conta corrente?

Para abrir uma conta corrente é preciso entrar em contato com o banco, seja ele físico ou digital, e informar o seu desejo de abrir esse tipo de conta.

Para isso, você precisa ter em mãos documentos como:

  • CPF;
  • RG;
  • comprovante de renda;
  • comprovante de endereço.

Cada banco tem o seu procedimento interno de como realizar a abertura da sua conta, mas, de maneira geral, essa abertura costuma ser rápida.

Nome negativado: dá pra abrir conta corrente?

Sim, dá para abrir conta corrente com o nome negativado, sem a necessidade de quitar as suas dívidas que restringem o seu CPF.

E é comum que bancos digitais ou bancos tradicionais permitam que você realize a abertura deste tipo de conta mesmo negativado.

Porém, pode ser que eles te limitem alguns serviços e produtos de créditos, como cheque especial, financiamento ou empréstimos, por conta da inadimplência em seu nome.

E mesmo sendo possível abrir uma conta corrente estando negativado, ressaltamos que os bancos não são obrigados a aceitar o seu pedido de abertura de conta quando você está nesta situação, pois podem considerar que seja uma abertura desvantajosa para eles.

Portanto, dê uma boa pesquisada se o banco que você está interessado em abrir essa conta aceita abri-la caso você esteja negativado. 

Quais serviços da conta corrente

As contas correntes de todos os bancos devem oferecer os Serviços Essenciais de bancos, determinados pela resolução 3.919 de 2020. E esses serviços são:

  • fornecimento de cartão de débito para compras e saques;
  • 4 saques por mês, seja no caixa eletrônico ou no guichê de caixa;
  • 2 transferências entre contas da mesma instituição por mês;
  • 2 extratos no caixa eletrônico;
  • 1 talão de cheque com 10 folhas por mês.

De acordo com o Banco Central, todos os bancos são obrigados a oferecer esses serviços aos seus clientes, portanto, é obrigação de toda conta corrente tê-los disponíveis.

Quais tipos de conta corrente? 

Os tipos de conta corrente são: gratuita; com mensalidade, digital, conjunta e estudantil.

Na sequência, explicamos sobre cada uma delas  em detalhes. Acompanhe!

Conta corrente gratuita

O Banco Central exige que todas as instituições bancárias tenham pelo menos um tipo de serviço de conta sem tarifas para oferecer aos seus clientes, que costuma ser a corrente.

Assim, essa conta gratuita conta com um pacote mínimo de serviços, ou seja, não cobram nenhuma mensalidade e incluem todos os Serviços Essenciais obrigatórios que citamos acima.

MAS ATENÇÃO: é possível que a conta corrente gratuita tenha cobrança de alguns serviços específicos e ela exige que você faça um depósito mínimo necessário todo mês, tendo como consequência a perda da gratuidade da conta caso você não os faça.

Com mensalidade 

A conta corrente com mensalidade tem mais benefícios do que a conta gratuita.

Esses benefícios podem ser:

  • cheque especial sem juros;
  • taxas quitadas;
  • descontos em outros produtos financeiros do banco; 
  • aconselhamento financeiro de graça;
  • pontos de compensação ao realizar as suas compras.

Digital

A conta corrente digital tem características semelhantes a da conta normal, com a diferença de que você não interage com operadores de caixa ou gerentes do banco para realizar as funções, como pagamento de boletos, recebimento de salário ou saque de dinheiro.

No caso desse tipo de conta, você usa caixas eletrônicos, aplicativo do banco e internet banking para gerenciar a sua conta e o seu dinheiro que está nela.

As contas digitais podem ser abertas tanto em bancos tradicionais, como em bancos que já nasceram digitais e seguem sem sedes físicas.

Conjunta

A conta conjunta é compartilhada entre duas ou mais pessoas, comum de ser aberta por:

  • sócios de um negócio;
  • casais (que sejam casados no civil ou não);
  • pais de adolescentes;
  • filhos adultos que ajudam os pais idosos a cuidarem de suas finanças.

Ela também funciona como uma conta normal, porém cada pessoa que faz parte dela tem acesso a contribuir ou usar o dinheiro que está lá.

Estudantil

As contas correntes estudantis são contas padrões, porém, com taxas mais baixas ou isenções, sejam de taxas de manutenção, descontos na mensalidade ou, em alguns casos, até mesmo isenção total.

As contas estudantis são para alunos que tenham idade entre 17 e 24 anos e é preciso apresentar o comprovante de matrícula ativa para abri-la, seja de uma escola secundária, faculdade ou universidade.

E assim como em outros tipos de contas, é possível que o cliente evite o pagamento de taxas, definindo com o banco um depósito direto, mantendo um saldo mínimo por dia ou efetuando um número específico de compras com cartão de débito todo mês.

Qual é a diferença de conta corrente e poupança?

A diferença entre conta corrente e poupança é que na corrente não existe rendimento, mesmo que aos poucos alguns bancos estejam tentando mudar esse cenário.

Então, em boa parte das instituições financeiras, as contas correntes não têm rentabilidade, enquanto a conta poupança tem.

Os produtos oferecidos em cada conta também mudam, com a corrente abrindo espaço para ter cartão múltiplo de débito e crédito, além de ter limites de empréstimo oferecidos pelo banco.

No mais, a corrente, bem como a poupança, também possibilita operações de TED e DOC, folhas de cheque e empréstimo pessoal pré-aprovado.

Portanto, com a poupança você tem rentabilidade sobre o dinheiro que deposita, mas não tem a chance de serviços como determinadas operações, talões de cheque ou empréstimos pessoais.

Quais as vantagens da conta corrente?

As vantagens da conta corrente envolvem facilidade e descomplicação para você administrar as suas finanças.

Com ela, você mantém o seu capital salvo em um lugar seguro e pode fazer depósitos e saques rapidamente, além de propor empréstimos e financiamentos.

Na sequência, conheça as principais vantagens desse tipo de conta bancária!

Chance de parcelar compras

Quando você abre uma conta corrente, tem à sua disposição cartão de crédito e talão de cheque.

Com eles, você pode parcelar as suas compras e, desta forma, conquistar coisas que são mais caras e necessitam de parcelamento.

Mas use eles com sabedoria, ok?

Nada de abusar e usar o limite máximo do cartão de crédito, por exemplo, pois isso pode te levar a dívidas gigantes e perder o controle de seus gastos mensais. 

Mais para frente te daremos algumas dicas de quando usar o cartão de crédito e quando optar por fazer compras com o cartão de débito. Siga a leitura para não perder essas dicas!

Empréstimos e financiamentos mais baratos

Outra vantagem das contas correntes são os empréstimos e financiamentos com taxas de juros menores, comuns em grandes bancos.

E para quem é autônomo, esse benefício costuma ser liberado com mais facilidade, basta comprovar a sua renda com os extratos da conta.

Facilidade ao receber pagamentos

A conta corrente permite que os depósitos sejam feitos rapidamente a você, basta mantê-la ativa.

Assim, você evita andar com dinheiro físico na carteira caso precise receber um valor alto.

Além disso, no momento que o seu pagamento é feito, você tem o benefício de poder consultar a sua conta rapidamente, por meio do celular, sem a necessidade de ir a uma agência ou caixa eletrônico para consultar se o pagamento realmente caiu.

Facilidade em controlar recebimentos e gastos

Como falamos acima, hoje você pode consultar o saldo da sua conta corrente pelo celular, vendo rapidamente quanto dinheiro você ainda tem na conta.

Isso porque boa parte dos bancos já disponibilizou aplicativos com essa função, para que você puxe seu extrato independente do horário e de onde você está, verificando todos os pagamentos e movimentações feitas.

Essas consultas também podem ser feitas em caixas eletrônicos, agências físicas (caso o banco tenha) e internet banking. 

Onde abrir uma conta corrente?

A conta corrente, como você viu até agora, é o tipo de conta mais usada, por permitir que você tenha acesso rápido e fácil ao seu dinheiro e outros serviços financeiros.

E para abrir a sua, você precisa buscar qual banco mais atende às suas necessidades e facilita a realização de pagamentos de contas, as transferências, recargas de telefone, entre outros serviços.

Nós já adiantamos que cada instituição financeira se destaca por um serviço, portanto, pesquise bem quais são os diferenciais de cada uma e avalie com cautela qual mais se encaixa no que você procura.

Como abrir conta corrente?

Para abrir a sua conta, é preciso ter mais de 18 anos e, caso você tenha entre 16 e 18 anos incompletos, precisa estar acompanhado de um responsável legal, a não ser que você seja emancipado legalmente.

Para a abertura, você ainda precisa levar:

  • CPF;
  • RG;
  • comprovante de renda;
  • comprovante de endereço.

Quanto ao comprovante de renda, ele pode ser:

  • carteira de trabalho;
  • holerite;
  • contrato de estágio.

Cheque especial e conta corrente

Chamado de "produto de crédito" pelos bancos, o cheque especial geralmente é um valor de empréstimo pré-aprovado para pessoas que têm contas correntes.

Portanto, você não precisa solicitá-lo ao seu banco caso necessite de um dinheiro extra no seu mês.

Se a conta corrente é utilizada sem ter fundos, o cliente entra automaticamente no cheque especial.

Então, fique de olho, pois normalmente ficar com o saldo negativo na conta pode significar que você está dentro do cheque especial.

E como em todo produto bancário, o cheque especial tem cobranças de juros sobre o valor utilizado.

Cartão de crédito e débito: quais as diferenças? 

Ao abrir a sua conta corrente, normalmente o cartão de crédito é um dos primeiros produtos que são oferecidos pelas instituições bancárias.

Esse cartão costuma estar vinculado ao mesmo cartão de débito que você já tem, o que é chamado de cartão múltiplo.

Mas, antes de aceitar o cartão de crédito, é preciso saber quais as diferenças que ele tem para o cartão de débito. Confira na sequência quais são!

Cartão de crédito

  • Ao comprar um produto no crédito, o dinheiro da compra vai para a fatura, permitindo que você compre agora, mas pague só depois.
  • Você pode solicitar o cartão de crédito ao seu banco da conta corrente, em loja ou por telefone, com emissoras de cartões, sem precisar ter vínculo com sua conta do banco.
  • O dinheiro do cartão de crédito nada mais é do que um empréstimo que o banco te faz, com um prazo para você pagar (geralmente no fim do mês, quando a fatura chega).
  • Com esse cartão, há um limite de crédito, que se trata de um valor máximo que você pode gastar todo mês.
  • O cartão de crédito possibilita que você parcele as suas compras e algumas lojas não exigem que você pague juros quando parcela, enquanto outras podem exigir.

Cartão de débito

  • Ao fazer uma compra com cartão de débito, o dinheiro sai da sua conta no exato momento.
  • Quando você está no cheque especial e faz uma compra no débito, ele consome esse empréstimo quando a sua conta fica sem dinheiro.
  • No débito, há a necessidade de ter uma conta, seja ela corrente ou não, pois o dinheiro que você gasta no cartão desconta diretamente da sua conta.
  • Se você tentar realizar uma compra no débito que está acima do valor que você tem na sua conta do banco, ela não é aceita, exceto se você tiver limite do cheque especial liberado.
  • As compras precisam sempre ser pagas à vista com o cartão de débito, pois não é possível parcelar.

Quando usar cada um? 

O indicado é que para compras do dia a dia, como supermercado e farmácia, você use o seu cartão de débito, pois o correto é que esses gastos já estejam planejados em seu orçamento mensal.

Desta forma, você deixa o cartão de crédito para aquelas compras de valor mais alto, como de eletrônicos, eletrodomésticos, móveis da sua casa, entre outros tipos de compras que são mais caras.

Isso porque há a chance de parcelar suas compras mais caras com o seu cartão de crédito, deixando o pagamento do produto menos pesado para o seu bolso.

Mas fique de olho nos parcelamentos, pois você precisa planejar o pagamento das parcelas e incluí-las em sua organização financeira mensal.

Quer aprender a poupar dinheiro? Então, que tal ler o nosso artigo especial sobre esse tema?

Como fechar uma conta corrente?

Para fechar a sua conta corrente, basta fazer uma solicitação por escrito ao seu banco e guardar uma cópia do requerimento para comprovar a solicitação, evitando assim futuras cobranças indevidas.

Essa solicitação pode ser feita em qualquer agência do seu banco, sem a necessidade de ser feita na agência que você abriu a sua conta.

Depois de realizar o seu pedido, segundo Banco Central, a instituição financeira tem até 30 dias para encerrar a sua conta e deve te entregar um termo de encerramento.

É importante que no dia que você solicitar o encerramento, você leve as suas folhas de cheque e cartões relacionados à conta e peça para o banco destruí-los na sua frente.

Mas fique atento, pois se a sua conta tiver saldo devedor ou débitos com o banco, ela não será encerrada pela instituição financeira e eles exigirão que você quite todas as dívidas que estão abertas.

Com o pedido de cancelamento aceito, o banco irá cessar a cobrança de tarifas de manutenção, caso elas existam, e concluir todo o processo de encerramento da conta, enviando a você qual foi a data exata que a sua conta foi fechada.

Ao longo desse processo, não esqueça de suspender todos os serviços relacionados a essa conta, como débitos automáticos de contas mensais que você paga.

Por fim, a nossa recomendação é nunca deixar a sua conta inativa achando que o banco irá fechá-la por conta própria. 

Os bancos só fecham contas caso exista um pedido formal, caso contrário, ela continuará ativa mesmo sem você usar e poderá causar problemas futuramente.

Conheça já as nossas soluções financeiras que cooperam com as pessoas, seus sonhos e negócios.

Perguntas Frequentes sobre empréstimo para MEI

Na sequência, respondemos as perguntas mais frequentes sobre empréstimo para MEI. Confira!

Qual o melhor tipo de conta corrente? 

O melhor tipo de conta corrente é aquela que supre as suas necessidades e hábitos, algo que varia de uma pessoa para a outra.

Portanto, entenda o seu perfil de consumo de serviços bancários para adequar quais serviços você precisa e quais não precisa.

Para isso, analise quais são as operações que você realiza todo mês e quais são realizadas com mais frequência, como:

  • saques;
  • emissão de cartão e de cheques;
  • transferências (DOC, TED, PIX);
  • extratos.

Com a lista pronta, é hora de buscar qual banco é o mais adequado para a sua situação.

Conta corrente rende?

Na maioria dos casos, as contas correntes não rendem, embora os bancos estejam tentando mudar esse cenário.

Isso ocorre porque a maioria das contas correntes não paga juros ou paga taxas muito baixas, comparadas a contas que rendem, como as poupanças.

Então, o ideal é usar a sua conta corrente só para manejar o dinheiro que você quer acessar para compras do cotidiano e pagamento de faturas ao longo do mês.

Se você busca por uma conta que faça o seu dinheiro render, procure por contas que ofereçam ganhos maiores.

Qual o benefício da conta corrente?

Os principais benefícios das contas correntes são:

  • geralmente não cobram tarifa de manutenção da conta;
  • oferecem talão de cheque com 10 folhas por mês, sem tarifa extra;
  • o seu cartão de crédito e débito não tem tarifa;
  • taxas e tarifas são reduzidas;
  • empréstimos e financiamentos tem liberação rápida e taxas diferenciadas.

Quais cuidados ao abrir uma conta corrente?

Os cuidados ao abrir uma conta corrente começam com os seus documentos. Geralmente, são exigidos RG, CPF, comprovante de residência e de renda.

Caso a instituição peça algum outro tipo de documento, busque entender qual o motivo daquela solicitação.

É preciso também ficar de olho se a abertura foi solicitada por seu empregador para depositar o seu salário, pois muitas vezes há confusão entre conta corrente e conta salário.

Com a conta salário, você só pode movimentar o seu salário, sem permissão para usar outros serviços da corrente, como cheques, limite de crédito, transferências, entre outros.

Os cuidados também devem se estender para cobranças por serviços, pois o banco precisa informar a você quais são as condições para usar cada serviço, explicando claramente o que é cobrado e o que não é.

É possível abrir uma conta corrente e receber em moeda estrangeira?

Sim, é possível abrir uma conta corrente e receber em moeda estrangeira. 

Essa modalidade se chama Conta Corrente em Moeda Estrangeira e permite que você compre, venda e faça transferências com Dólar, Euro, entre outras moedas.

Assim, se você tem uma empresa, por exemplo, que precisa fazer pagamentos a fornecedores no exterior ou receber moedas estrangeiras, esse tipo de conta é uma ótima opção, que te protege da variação cambial.

Hoje, esta conta está disponível para os negócios e situações como:

  • Agências de turismo e prestadores de serviços turísticos;
  •  Embaixadas, legações estrangeiras e organismos internacionais;
  •  Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – ECT;
  •  Empresas administradoras de cartões de crédito de uso internacional;
  •  Empresas encarregadas da implementação e desenvolvimento de projetos do setor energético;
  • Estrangeiros transitoriamente no País e brasileiros residentes ou domiciliados no exterior;
  •  Sociedades seguradoras, resseguradoras e corretoras de resseguro;
  •  Transportadores residentes, domiciliados ou com sede no exterior;
  •  Agentes autorizados a operar no mercado de câmbio;
  •  Subsidiárias e controladas, no exterior, de instituições financeiras brasileiras.

Conclusão

Como você viu ao longo deste artigo, a conta corrente pode ser aberta em bancos públicos ou particulares, físicos ou digitais, por pessoa física ou jurídica.

Com ela, você tem fácil acesso a:

  • empréstimos;
  • extratos e saldo;
  • financiamentos;
  • DOC e TED;
  • pagamentos de contas;
  • cartões de crédito e débito;
  • internet banking;
  • investimentos;
  • cheques.

No mais, para abri-la, seja em um banco físico ou digital, bastam alguns documentos, como CPF, RG, comprovante de renda, comprovante de endereço.

E ao abri-la, lembre-se que existem diversos tipos de contas correntes, como a gratuita, a com mensalidade, a digital, a conjunta e a estudantil. Veja qual se encaixa melhor em seu perfil e suas necessidades de acordo com os serviços que elas oferecem!

Receba nossa newsletter

Inscreva-se

O Internet Explorer está sendo descontinuado.
Por favor, use outro navegador para acessar o blog. Veja alguns navegadores que você pode utilizar: