• 11 de agosto de 2022
  • 7 minutos

Empréstimo com juros baixos: conheça os principais tipos e veja dicas

7 minutos

O que você já ouviu falar sobre juros baixo? Neste conteúdo, vamos esclarecer os principais pontos sobre o assunto! 

A questão é que, claro, pegar dinheiro emprestado é a solução para muitas pessoas. 

Isso porque a verba acaba sendo útil para abrir um negócio próprio, pagar as dívidas, investir em um curso, comprar materiais para o trabalho, enfim. Há muitas e muitas utilidades, mesmo. 

Mas, atenção: não basta chegar a um posto de atendimento e pedir qualquer empréstimo. O ideal é optar por um empréstimo com juros baixos. Mas, por quê? 

É exatamente nesse ponto que muita gente trava… Falta o conhecimento a respeito das características dos juros e, no geral, de como escolher o melhor empréstimo. 

Então, para desvendar essas e outras dúvidas, a Ailos preparou este verdadeiro guia! 

Ao final da leitura, você já vai compreender os principais pontos sobre empréstimo que, de fato, vale a pena fazer.

Mais especificamente, os tópicos a serem abordados são os seguintes: 

  • O que é empréstimos com juros baixo? 
  • Qual a importância do empréstimo com juros baixos?
  • Como fazer um empréstimo com juros baixos?
  • Quais cuidados devem ser tomados ao pegar empréstimo com juros baixos? 
  • Conclusão. 

Não dá para perder tanta informação importante, não é? Então, boa leitura e aproveite as dicas! 

Conheça o Cooperativismo

O que é empréstimos com juros baixo? 

Antes de explicar o que é empréstimo com juros baixos, é importante entender o que é o próprio juro. 

Bom, basicamente, o juro é a junção entre: valor de transação + tempo transcorrido. 

Vamos usar um exemplo para simplificar mais a questão… 

Suponha que você tenha pegado R$ 10 mil emprestado de uma cooperativa, e o juros do empréstimo sejam de 9% ao ano, ok? 

Dessa maneira, o valor dos juros acaba sendo o de R$ 900 (anualmente).

Ao quitar a dívida (com prazo de dois anos), você terá pagado os R$ 10 mil emprestados, fora a soma da taxa de juros, equivalente a R$ 1.800 (R$ 900 por ano). 

O grande lance, então, é que o juros baixo faz com que esse segundo valor seja mais acessível. 

A ideia é conseguir um empréstimo que custe menos para o seu bolso! 

Qual a importância do empréstimo com juros baixo?

A importância do empréstimo com juros baixos é bem simples e direta: crédito barato. 

Ou seja, quando você consegue um juro menor, o valor total do seu empréstimo fica mais baixo, também. 

A redução é fundamental para que, primeiro, você consiga fechar negócio (contrato com a cooperativa de crédito). 

Além disso, há a questão de conseguir, mesmo, pagar as parcelas ao longo dos meses. Isso de forma confortável, sem tem que se sacrificar tampouco ficar endividado.

Como fazer um empréstimo com juros baixos?

Agora que você já sabe porque o empréstimo com juros acessíveis é importante, chegou a hora de entender como conseguir isso. 

Confira seis alternativas que valem a pena: 

Crédito Consignado

O crédito (empréstimo) consignado desconta a taxa de juros na folha de pagamento. 

Exatamente por isso é que a taxa fica mais baixa, se comparada com a de outras modalidades de empréstimo — por exemplo, com o cheque especial. 

Nesse caso, então, o crédito é viável por meio da parceria entre: empregador e cooperativa de crédito. 

Diante disso, converse com o pessoal do RH (Recursos Humanos) de sua empresa, e veja por qual cooperativa é possível fazer o empréstimo!

Refinanciamento de Imóvel

O refinanciamento possui uma das taxas mais baixas do mercado, também. Mas, afinal, como funciona esse empréstimo, já que o nome dele parece meio complexo? 

Na verdade, a questão é mais simples do que aparenta. O refinanciamento de imóvel é um tipo de empréstimo pessoal.  

O cooperado (quem pede o empréstimo) cede, como garantia de pagamento, um imóvel de sua propriedade. 

Funciona assim: ao entrar em contato com a cooperativa e definir os detalhes de contrato, a empresa envia um engenheiro ao seu imóvel. 

É esse profissional quem vai avaliar o estado da casa, apartamento, enfim. 

Dependendo da análise dele, então, o crédito é liberado, e você faz o pagamento em parcelas (assim como em outros tipo de empréstimos). 

Penhor

O penhor tem a lógica do caso anterior. Ou seja, ao solicitar um crédito, você precisa oferecer um bem como garantia de pagamento. Os juros do penhor também são baixos. 

Já os bens mais comuns, para oferecimento na garantia de quitação da dívida, são: 

  • joias;
  • veículos;
  • produções e materiais rurais (colheitas, máquinas agrícolas, animais, carvão vegetal, etc.);
  • produções de industrial e mercantil (máquinas e aparelhos industriais, além de animais, usados na produção de carnes). 

Observação: tanto o refinanciamento de imóvel quanto o penhor podem ser chamados de empréstimo pessoal. 

Financiamento

O financiamento, assim como o empréstimo pessoal tem como objetivo dar um crédito. Mas, apesar disso, existe uma diferença crucial entre eles. 

Quando você faz um empréstimo pessoal, não é necessário dizer para o que o dinheiro será usado. 

Agora, o financiamento é um empréstimo para casos específicos. Então, é necessário já acordar o objetivo da verba (isso com a cooperativa).

Por exemplo, os financiamentos costumam ser para compra de casa e/ou carro. A definição, sobre o destino do dinheiro, torna os juros mais baixos. 

Refinanciamento de Veículos

Outra opção de empréstimo com juros baixos é o refinanciamento de veículos. 

Nesse caso, você concede o seu veículo como garantia de pagamento. Então, quando a instituição aprova o seu caso, ela libera o crédito. 

Essa é mais uma forma de empréstimo pessoal, aliás, muito parecida com o financiamento de imóvel. 

A diferença aqui é que, ao invés de uma casa ou um apartamento, você concede um veículo próprio. 

  1. Antecipação do 13.º Salário

Outra forma de conseguir dinheiro é pedindo a antecipação do 13.º salário. 

Nesse caso, os juros são pré-fixados. Além disso, no fechamento do contrato, entra a cobrança do imposto IOF (Imposto Sobre Operações Financeiras).   

O interessante é que o 13.º salário pode ser solicitado de forma simples, ele cai direto na sua conta bancária. 

Além do mais, você não vai ficar com uma dívida para pagar nos próximos meses nem anos.

Quais cuidados devem ser tomados, ao pegar empréstimo com juros baixos? 

Existem alguns cuidados básicos a serem seguidos, antes de fazer o seu empréstimo com juros baixos. 

Confira quais são eles: 

  • analise suas necessidades (quanto ao uso do dinheiro);
  • faça um planejamento financeiro, para pagar as parcelas do empréstimo;
  • calcule o quanto os juros vão custar no valor total do empréstimo (se perceber que o total vai ficar muito alto, avalie outras modalidades de crédito);
  • escolha uma cooperativa de confiança; 
  • leia o contrato atentamente. 

Como agora você já sabe quais são os principais empréstimos com juros baixos, já dá para ver qual opção é a melhor (pensando no seu caso específico). 

Conclusão 

Neste conteúdo, você pôde saber as principais informações sobre empréstimo com juros baixos. 

Vamos recapitular o assunto… 

Os juros são taxas relacionadas ao valor do crédito + tempo transcorrido. 

Então, por exemplo, ao contratar um empréstimo de R$ 10 mil, a ser pago em dois anos, você também tem uma taxa de juros mês a mês. 

Levando isso em conta, vamos supor que o valor total do empréstimo fique assim: R$ 10 mil + 9% de juros ao ano (totalizando R$ 1.800 por dois anos). 

A intenção, então, é a de conseguir um crédito com juros mais baratos. Dessa forma, é possível pagar as parcelas com toda tranquilidade. 

Para te ajudar, nós deixamos as principais modalidades de empréstimos (com juros mais acessíveis), além da dica do 13.º salário. 

Agora, basta analisar qual caso se encaixa melhor às suas necessidades e, principalmente, ao seu poder de pagamento. 

Aproveite o dinheiro para fazer melhorias em sua vida profissional e/ou pessoal! 

Gostou das nossas dicas? 

Para saber mais assuntos como esse, continue aqui pelo blog da Ailos! Toda semana, há novos conteúdos feitos especialmente para você! 

Receba nossa newsletter

Inscreva-se

O Internet Explorer está sendo descontinuado.
Por favor, use outro navegador para acessar o blog. Veja alguns navegadores que você pode utilizar: