• 21 de outubro de 2022
  • 9 minutos

Cooperativa agropecuária: o que é e como funciona?

9 minutos
Cooperativa agropecuária

O cooperativismo é um sistema que está ficando cada vez mais conhecido entre os empresários, já que promove diversos benefícios ao mercado. 

No Brasil, atualmente, existem 13 áreas de atuação do cooperativismo, sendo a agropecuária a mais famosa entre elas. 

A cooperativa agropecuária atua em diversos segmentos, desde a comercialização de produtos até a formação de profissionais. 

Esse sistema é muito benéfico para os produtores rurais e colabora com o alavancamento dos resultados do agricultor. 

Por estar ganhando bastante espaço no mercado, neste artigo, o Ailos se aprofundará no assunto e explicará detalhadamente o que é e como ele funciona. 

Para saber mais sobre o Cooperativismo, acesse o nosso Blog e conheça os benefícios desse sistema! 

O que é cooperativa agropecuária? 

Igualmente a outros modelos do sistema, a cooperativa agropecuária é um ramo que é construído e desenvolvido por profissionais do setor rural com o mesmo objetivo. 

Portanto, esses profissionais se juntam voluntariamente e iniciam suas atividades econômicas de interesse e proveito comum. 

Diferentemente de empresas comerciais, a cooperativa agropecuária não tem como objetivo o lucro. Os cooperados contribuem com seus bens e serviços para o benefício de todos os membros. 

Por isso que as organizações cooperativas são consideradas empresas de propriedade comum, pois focam no avanço econômico e social dos colaboradores. 

No caso das cooperativas agropecuárias, geralmente, os membros da organização são agricultores, pecuaristas ou pescadores. 

Na cooperativa, esses profissionais se unem em sociedades para comercializar seus próprios produtos e serviços. 

Cooperativismo agropecuário no Brasil 

O Brasil é um país que é destaque na agropecuária, por isso, já é notório que existe uma grande história da cooperativa agropecuária em território nacional. 

As primeiras cooperativas do Brasil surgiram no século XIX. Porém, as do ramo agropecuário só começaram a ser fundadas no início do século XX. 

A história começa em 1907, quando João Pinheiro, governador de Minas Gerais na época, iniciou seu projeto cooperativista para o estado. 

O projeto foi iniciado em um período onde a comercialização dos produtos brasileiros tinha muita interferência externa. 

Por isso, o objetivo do governador, com o projeto cooperativista, era acabar com os intermediários da produção agrícola. 

Na mesma época, surgiram novas cooperativas agropecuárias no sul do Brasil. Deste então, o ramo agropecuário foi o que ganhou mais destaque no sistema cooperativista. 

Benefícios da Cooperativa agropecuária 

Benefícios da cooperativa agropecuaria

As cooperativas surgiram em uma época onde o Brasil estava passando por uma grave crise econômica, por isso, os empregos estavam escassos na época. 

Desta forma, as cooperativas foram criadas para poderem ajudar os profissionais que precisavam de oportunidade, mas não tinham apoio do governo. 

Desta maneira, o sistema cooperativista promove diversos benefícios para quem participa dele. Vamos conhecer as principais vantagens desse sistema? Confira abaixo! 

Gestão coletiva e horizontal

Por ser um sistema que surgiu quando os cidadãos vulneráveis eram os mais prejudicados pela escassez de empregos, a cooperativa agropecuária promove uma gestão democrática —  gerida pelos próprios membros. 

Por isso, em uma cooperativa agropecuária, todos os colaboradores possuem o mesmo nível hierárquico. 

Com isso, todos eles possuem o direito de votar nas decisões da sociedade, independente do valor de sua colaboração. 

Tanto que os próprios membros da cooperativa decidem qual é o cooperado que gerenciará a organização, através de Assembleia Geral

Maior escoamento da produção 

Com as cooperativas agropecuárias, os membros conseguem encontrar uma nova maneira de comercializar seus produtos. 

Assim, os colaboradores da cooperativa podem vender seus produtos e serviços para a comunidade e ainda encontrar novos clientes. 

Desta forma, o produtor tem mais facilidade para comercializar seus produtos e ainda consegue negociar preços mais em conta.

Compra facilitada de insumos 

Na cooperativa agropecuária, a organização tem mais facilidade de comprar insumos, como rações, defensivos agrícolas, fertilizantes e máquinas. 

Isso porque, para beneficiar seus membros, as cooperativas agropecuárias compram uma grande quantidade de insumos e equipamentos para melhorar a produtividade de seus colaboradores.

Dessa maneira, os colaboradores conseguem entregar um serviço de qualidade para seus clientes e ainda trabalhar em condições satisfatórias.

Acesso a recursos tecnológicos 

Através das sociedades agropecuárias, os cooperadores conseguem acesso a novas tecnologias para auxiliar em sua produção. 

Isso pode acontecer de inúmeras formas. Por exemplo: a organização consegue uma parceria com uma empresa que desenvolve soluções tecnológicas para a agropecuária. 

No entanto, pode acontecer ao contrário: uma empresa que possui soluções tecnológicas agropecuárias, precisa de uma parceria e entra em contato com as cooperativas. 

Suporte especializado 

As cooperativas são organizações completas e não é diferente no ramo agropecuário. Essas empresas contam com uma equipe especializada que oferece suporte aos colaboradores para qualquer problema. 

No caso das sociedades agropecuárias, os profissionais que oferecem suporte aos colaboradores são médicos veterinários, engenheiros agrônomos e técnicos agrícolas. 

Independência 

Independencia na cooperativa aropecuaria

As cooperativas agropecuárias, até mesmo fora desse ramo, são independentes dos setores públicos governamentais. 

Isso porque o governo não pode interferir nas cooperativas, já que elas foram formadas de pessoas para pessoas. 

Portanto, cada sociedade agropecuária realiza suas próprias decisões, sem a interferência de nenhum órgão. 

Além disso, essas organizações são livres para intermediar seus serviços e produtos diretamente com o cliente, o que facilita a negociação. 

Diminuição de riscos 

Para um empreendimento pequeno, pode ser muito difícil lidar com os custos de transações e outras burocracias — principalmente sem a cooperação e investimento de outras pessoas. 

Além disso, iniciar um negócio com inúmeros concorrentes em cena, também pode ser difícil para um empreendedor solo. 

Por isso que os produtores rurais tomam a decisão de participar, ou criar, suas próprias cooperativas agropecuárias. 

Em uma sociedade agropecuária, as chances de enfrentar problemas empresariais sozinhos são quase nulas. 

Isso porque, neste sistema, todos participam da resolução para todos os problemas que podem aparecer. 

Além disso, todos os membros apoiam uns aos outros. Portanto, qualquer problema que surgir na organização é capaz de afetar os membros da sociedade. 

Cooperativa agropecuária: como me associar? 

Entrar em uma cooperativa agropecuária é muito mais fácil do que se parece. No entanto, existem pontos que devem ser citados antes de você escolher ingressar em uma organização. 

Primeiramente, o que você necessita para entrar em uma cooperativa é somente a força de vontade. Isso porque a adesão voluntária é um dos princípios cooperativistas. 

Juntamente a isso, o voluntário deve comparecer a todas as Assembleias Gerais da cooperativa, além de colaborar financeiramente. 

Vamos entender melhor como funciona o ingresso em uma cooperativa através de um passo-a-passo? Para você participar de uma sociedade agropecuária, você deve seguir os seguintes pontos: 

  • Passo 1: escolher o segmento da cooperativa agropecuária que você quer seguir; 
  • Passo 2: conhecer profundamente a organização escolhida; 
  • Passo 3: reunir todas as documentações necessárias para se tornar membro; 
  • Passo 4: depositar a sua quota-parte para ingressar na cooperativa. 

Os três primeiros passos só dependem da sua força de vontade. Portanto, é de sua responsabilidade analisar e estudar detalhadamente a cooperativa escolhida para ingresso. 

No entanto, a quota-parte da organização (Passo 4), deve ser negociada diretamente com a cooperativa. Deste modo, você saberá qual a quantia necessária inicial para investir no negócio. 

As perspectivas para a cooperativa agropecuária 

Perspectiva para cooperativas agropecuárias

Segundo os dados do Globo Rural de 2021, a agropecuária teve uma expectativa positiva no início do mesmo ano. O setor conseguiu registrar um alto crescimento, influenciado por diversos fatores. 

No entanto, em relação às cooperativas, os mesmos pontos de resiliência apontados em 2020, foram mantidos em 2021.

Sendo assim, as programações e investimentos da época foram mantidos, assim como a confiança que o cooperativismo iria superar seus desafios. 

Então, como todas as áreas do sistema, ainda existem barreiras que devem ser ultrapassadas para que as organizações cooperativistas alcancem seus devidos lugares. 

No entanto, a cada dia que se passa, as sociedades agropecuárias estão se tornando cada vez mais notórias na sociedade. A tendência é que o sistema só cresça ao passar dos anos.

Cooperativa agropecuária e agricultura 4.0

A agricultura 4.0 é um conjunto de ferramentas tecnológicas de ponta que foram desenvolvidas para a integração da produção agrícola. 

No sistema agricultura 4.0 é utilizado a Agricultura de Precisão, a Big Data e a Internet das Coisas para otimizar as tarefas do campo e tornar os processos mais produtivos. 

Essa solução permite que os produtos consigam colocar em prática a agricultura de precisão, utilizando tecnologias digitais integradas e conectadas através de softwares, sistemas e equipamentos. 

Com a integração desta solução digital, é possível ter mais praticidade na produção agrícola em todas as suas etapas, desde o plantio até a colheita. 

As ferramentas da solução geram e analisam uma grande quantidade de dados para o produtor, facilitando o cotidiano do profissional no campo. 

Além disso, ela não é só benéfica na produção rural, em uma cooperativa agropecuária ela também pode ser utilizada em setores administrativos, comerciais, financeiros e outros. 

Essa ferramenta, integrada juntamente aos serviços de uma cooperativa agropecuária, pode fazer com que uma empresa consiga alavancar 100% seus resultados. 

Se você faz parte de uma cooperativa agropecuária e quer investir ainda mais em sua empresa, você pode contar com as Cooperativas Ailos. 

Somos uma cooperativa de crédito que possui as melhores soluções financeiras para você adquirir novos serviços, equipamentos e insumos. 

Quer conhecer mais sobre as condições ideais que o Ailos tem para o seu negócio? Venha conferir nossos serviços financeiros disponíveis para a sua empresa! 

Conclusão 

Apesar do cooperativismo agropecuário estar crescendo cada vez mais no Brasil, algumas pessoas não sabem dos benefícios que ele pode proporcionar para sociedade e empresas. 

Por isso, o cooperativismo é uma pauta que não pode ser deixada de lado e seu conceito deve chegar nas pessoas que realmente serão beneficiadas por esse sistema. 

As organizações que trabalham com base no cooperativismo, geram empregos, rendas justas e não focam somente no capital. 

Deste modo, as cooperativas agropecuárias são exemplo quando o assunto é qualidade e inovação em métodos trabalhistas. 

Receba nossa newsletter

Inscreva-se

O Internet Explorer está sendo descontinuado.
Por favor, use outro navegador para acessar o blog. Veja alguns navegadores que você pode utilizar: