• 1 de fevereiro de 2023
  • 15 minutos

O que é título de capitalização: saiba tudo dessa aplicação!

15 minutos

Você sabe o que é título de capitalização? Ele é considerado uma aplicação programada que é oferecida por instituições bancárias ou de crédito.

O título de capitalização tem a atração dos sorteios de prêmios, no qual o investidor tem direito, além da praticidade do banco em destinar uma quantia de sua conta corrente ou poupança para esse título de forma mensal. 

Além disso, o banco retorna o rendimento que foi aplicado, que é resgatado depois do vencimento do contrato.

Com isso, ele é uma maneira de economizar dinheiro. Mas será que ele realmente é tão vantajoso assim?

Neste artigo, abordaremos os seguintes tópicos para explicar sobre o título de capitalização:

  • O que é título de capitalização?
  • Como ele funciona?
  • Quais são as formas de pagamento do título de capitalização?
  • Quais são as suas vantagens e desvantagens?
  • Como adquirir o título de capitalização?
  • Ele é assegurado pelo FGC? Qual a sua segurança para o cliente?
  • O que é educação financeira?

Continue lendo o nosso artigo que explicaremos tudo sobre o que é título de capitalização.

Boa leitura!

Conheça os investimentos financeiros das Cooperativas Ailos! Oferecemos as melhores opções com rentabilidade acima da média de mercado! 

O que é título de capitalização?

Título de capitalização são aplicações programadas durante um determinado prazo que foi previamente estabelecido, no qual o proprietário tem direito a participar de sorteios de prêmios durante todo o período das aplicações.

Normalmente, ele é estabelecido por bancos e todos os meses é descontado da conta corrente ou conta poupança do cliente o valor do título. Assim, quando o contrato for finalizado, o dinheiro do cliente é devolvido e é feita uma economia.

Por isso, muitas pessoas contratam o título e acabam fazendo uma reserva de emergência ou uma poupança durante o período, enquanto participam de sorteios.

Vale ressaltar que o título de capitalização é regularizado pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), que é ligada ao Ministério da Fazenda. Ela é responsável pela autorização, controle e fiscalização dos mercados de seguros, previdência complementar aberta e capitalização.

Além disso, o título de capitalização não é garantido pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC), que garante o pagamento ao investidor caso a instituição financeira não consiga honrar com seus compromissos.

Com isso, a segurança do dinheiro aplicado no título está na solidez do banco e na sua situação financeira como empresa que cuida do título de capitalização.

Como funciona um título de capitalização?

Na nossa explicação sobre o que é título de capitalização, você entendeu como fazer a aplicação. Pois, você paga, concorre a vários prêmios e resgata todo o dinheiro de volta, acrescido de juros.

Entretanto, do dinheiro aplicado é descontado o custeio com os prêmios e as despesas administrativas. Assim, pode ocorrer de somente parte do que foi aplicado ser resgatado.

Ou seja, o título de capitalização tem três partes que são a cota de capitalização, cota de sorteio e cota de carregamento. Com isso, somente o percentual da cota de capitalização é que será devolvida para o investidor, resgatando apenas a parte do que investiu.

Dessa maneira, o valor do rendimento pode ser baixo porque é comum que ele esteja atrelado à Taxa Referencial (TR), que costuma ser próxima de zero, ainda mais quando está somada à inflação.

Em relação aos prazos, é preciso ficar atento ao:

  • Pagamento: que é o prazo que o investidor deverá fazer os pagamentos mensais e que foram acordados no contrato e, assim, ele tem direito aos sorteios.
  • Vigência: que é o prazo entre o início e o término do contrato, ou seja, é o prazo em que os títulos continuarão sendo remunerados e administrados pela instituição bancária.
  • Carência: que é o prazo mínimo em que o valor deve se manter aplicado para não pagar multa de até 10% sobre o valor que foi pago.

Já o tempo de resgate pode variar conforme as características do contrato, incluindo ou não o tempo de carência. 

Por isso, quando for escolher um título é essencial escolher um prazo que você não precise resgatar o dinheiro antecipadamente, caso seja necessário, o que pode causar multas.

Assim como qualquer investimento, procure sempre diversificar a sua carteira, ou seja, não aplique todo seu dinheiro apenas no título de capitalização.

Quais são as possíveis formas de pagamento dos títulos de capitalização?

Agora que você já sabe o que é título de capitalização e o seu funcionamento, entenda as possíveis formas de pagamento.

Confira:

Pagamento único (PU)

O pagamento único é quando o investidor deposita o valor total do título uma única vez.

Pagamento mensal (PM)

O pagamento mensal é a forma mais utilizada em que o título é descontado mensalmente da conta corrente ou conta poupança do cliente.

Pagamento periódico (PP)

No pagamento periódico, é possível contratar a periodicidade do pagamento.

Como mencionado anteriormente, independentemente da forma de pagamento, são descontados o custeio de prêmio e as despesas administrativas, além da rentabilidade está atrelada à Taxa de Referencial (TR) que é aplicada somente sobre uma parte do dinheiro.

Quais são as principais vantagens de investir em títulos de capitalização?

Assim como tudo na vida os títulos de capitalização tem as suas vantagens e desvantagens.

Confira a seguir as principais vantagens:

Economia

O título de capitalização proporciona uma economia, pois todos os meses a instituição financeira destina uma quantia de sua conta para a aplicação.

Com isso, é possível economizar dinheiro durante o período de contrato e participar de sorteio enquanto isso.

Contudo, é importante lembrar que uma parte do dinheiro investido irá para os custos com os sorteios e para cobrir as taxas administrativas.

Possibilidade de concorrer a prêmios

A possibilidade de concorrer a prêmios por meio de sorteio é o que faz muitas pessoas contratarem um título de capitalização. Pois, são vários prêmios, como casas, apartamento, carros e valores em dinheiro.

Entretanto, é preciso ter sorte, porque pode ser difícil ser sorteado e ganhar os prêmios. Porém, o dinheiro não se perde, já que você poderá resgatá-lo no final do contrato.

Os sorteios costumam ocorrer mensalmente ou semestralmente dependendo da modalidade do título. 

Investimento automático

O título de capitalização é ideal para quem não tem muita disciplina financeira, pois o valor mensal é debitado da própria conta.

Assim, é possível guardar dinheiro, já que a própria instituição financeira se encarrega de fazer o depósito.

Portanto, as pessoas que não conseguem ter uma poupança ou uma reserva de emergência, conseguem reter o dinheiro para investir futuramente em outros tipos de aplicação.

Acessibilidade

O título de capitalização tem acessibilidade e pode ser adquirido facilmente por qualquer pessoa que deseje fazer a aplicação na maioria das instituições financeiras, como os bancos.

Para isso, basta entrar em contato com ele e verificar como funciona a aplicação e quais os critérios.

Lembre-se de fazer uma pesquisa sobre o título de capitalização da instituição e quais as vantagens e desvantagens que você terá fazendo a aplicação.

Praticidade

Como o cliente não precisa se preocupar em depositar o dinheiro todo o mês, pois o banco se encarrega disso, o título de capitalização acaba tendo mais praticidade quanto a aplicação.

Dessa maneira, ele não precisa se preocupar, pois o dinheiro é automaticamente retirado da sua conta para o título.

Quais as principais desvantagens dos títulos de capitalização?

Agora que você já sabe o que é título de capitalização e as suas vantagens, confira as suas principais desvantagens:

Rendimentos baixos

Uma parte do que foi aplicado em título de capitalização é corrigida pela Taxa de Referencial (TR) e uma taxa de juros que é definida no ato da compra. 

Assim, apenas essa parte rende, mas com rendimento, muitas vezes, menor que a própria poupança. Além disso, a inflação do mês também influencia no rendimento, que pode ter correção zero ou negativa.

Liquidez

Como o título de capitalização tem o seu valor resgatado em 100% apenas no final do contrato, o cliente não terá facilidade para fazer a retirada do dinheiro, caso seja necessário.

Por isso, caso seja resgatado antes, pode ter altas taxas, o que proporciona que o resgate seja feito apenas em uma parte do que foi aplicado.

Com isso, a aplicação não tem liquidez, fazendo com que o dinheiro perca o valor mesmo que seja poupado.

Quer saber mais sobre liquidez? Leia o artigo em nosso blog sobre o assunto: O que é liquidez e qual é a sua importância?

Multas

O título de capitalização além de ter baixa rentabilidade e liquidez, ainda está sujeito ao Imposto de Renda (IR) em alguns dos ativos financeiros.

Portanto, além de não render, terá que prestar contas ao fisco ao resgatar o valor que foi aplicado no final do contrato.

Altos riscos

O título de capitalização é considerado uma modalidade tradicional que muitas instituições financeiras oferecem.

Assim, somente os contratos com prazo superior a 24 meses e percentuais de cota de sorteio e carregamentos inferiores a 5% poderão ter ganhos com retorno do título. Dessa maneira, se você não for contemplado pelo sorteio, dificilmente conseguirá recuperar tudo o que foi aplicado.

Quais os principais tipos de títulos de capitalização?

Depois de saber as vantagens e desvantagens e o que é título de capitalização, conheça agora os seus tipos.

Ele tem quatro grupos principais que são:

  • Popular;
  • Tradicional;
  • Incentivo;
  • Compra Programada.

Explicaremos sobre cada um deles a seguir. Confira:

Popular

O modelo popular proporciona que o titular receba de volta apenas parte do valor pago à instituição. Independentemente disso, ele é atraído pelos sorteios e prêmios que pode concorrer durante o contrato.

Isso é uma possibilidade de ganho extra que ele pode conseguir com o título de capitalização.

Dessa maneira, o foco desse tipo é o sorteio e a recuperação de 50% ou mais do valor pago.

Tradicional

No modelo tradicional, o titular recebe o valor total dos pagamentos efetuados com os juros, no final do contrato. Ele é considerado um modelo mais comum que é contratado pelos clientes, sendo a melhor opção para quem segue o período estipulado.

Incentivo

No modelo do incentivo, o título de capitalização fica vinculado a um sorteio ou promoção de instituições bancárias, ou de crédito. Assim, é possível criar promoções para os clientes e manter a fidelização.

Dessa maneira, o cliente terá acesso ao valor investido, pois o foco é obter o prêmio, mas é preciso estar com os pagamentos em dia para concorrer a ele.

Compra programada

Na compra programada, é possível escolher como receberá o valor investido, seja em dinheiro, produtos ou serviços específicos. Assim, ao adquirir o título, ele pode optar por receber o montante guardado ou um serviço específico.

Isso deve ser feito no momento da contratação, no qual são realizados sorteios regulares e quem for sorteado recebe o pagamento indicado mais o saldo que já foi aplicado.

Como adquirir um título de capitalização?

Na maioria das vezes, a pessoa adquire o título de capitalização para poder ganhar dinheiro e economizar, o que também é argumentado pelas instituições financeiras.

O fato do cliente precisar fazer o pagamento para ter o direito de participar dos sorteios serve como um incentivo para que ocorra o pagamento, mesmo que a instituição bancária se encarregue disso.

Por isso, é preciso que a instituição bancária tenha um embasamento que gere rendimentos reais para os seus clientes, garantindo uma aposentadoria ou a aquisição de um bem.

Mas como adquirir um título de capitalização? Você já sabe o que é um título de capitalização e tudo sobre o assunto, agora explicaremos como adquiri-lo.

Confira a seguir:

Estude o mercado

Antes de fazer qualquer investimento ou aplicação é necessário fazer uma pesquisa de mercado e saber onde fazer a sua aplicação no título de capitalização.

Além disso, verifique se ele atende às suas necessidades ou se outro investimento pode ser mais vantajoso.

Investigue a credibilidade dos pontos de venda

Análise a credibilidade dos pontos de vendas para saber se a instituição financeira é realmente confiável e segura. Pois, ao investir em título de capitalização, você não terá a segurança do FGC, somente a segurança do próprio banco.

Por isso, precisa ser uma empresa que está em uma ótima situação financeira para garantir a proteção da sua aplicação.

Avalie os rendimentos

O título de capitalização não tem o mesmo rendimento que a poupança ou a renda fixa, pois parte do dinheiro é para custear os prêmios dos sorteios e as taxas do banco. Assim, somente uma parte tem rentabilidade.

Além disso, o título de capitalização pode não ter nenhum rendimento, por causa da Taxa Referencial (TR), que já explicamos aqui, e você pode retirar o mesmo valor que aplicou.

Esteja atento aos sorteios

Como o título de capitalização pode não ter muita rentabilidade, é preciso ficar atento aos sorteios para saber se você ganhou algum prêmio.

Por isso, procure sempre se atentar aos sorteios e as premiações, além de saber como eles funcionam.

É possível fazer o resgate de um título de capitalização?

Ao investir em um título de capitalização você tem um prazo estipulado no contrato para resgatar o dinheiro. Ou seja, todos os títulos têm um prazo de carência ou um período mínimo para resgate.

Caso seja preciso fazer o resgate antes do prazo contratual, poderá retirar somente parte dos valores depositados e pode ocorrer multa. 

Além disso, o percentual das perdas costuma ser progressivo, então quando mais cedo ocorrerem os resgates eles serão maiores.

Ou seja, é possível resgatar o valor aplicado a qualquer momento, solicitando um resgate antecipado. Entretanto, parte do valor é disponibilizado após o período de carência.

Portanto, nota-se que se você realmente está em busca de rendimentos, com o título de capitalização não será totalmente possível, a não ser que consiga ganhar o prêmio dos sorteios.

Por isso, se você precisar resgatar o dinheiro antes do prazo estabelecido ou quer rendimentos mais altos, procure opções melhores para investir, caso o título de capitalização não atenda às suas necessidades. 

Vale ressaltar ainda que é possível diversificar a sua carteira de investimentos com outras opções e não apenas com o título de capitalização.

O título de capitalização é assegurado pela FGC?

Como mencionado anteriormente, o título de capitalização não é assegurado pelo FGC (Fundo Garantidor de Créditos)

Ele é o órgão responsável por garantir a devolução do dinheiro que as pessoas mantêm nas instituições financeiras, com o limite máximo de R$ 250 mil para Pessoas Jurídicas e para Pessoas Físicas.

Dessa maneira, a única segurança que o investidor terá com o título de capitalização é a do próprio banco. Por isso, é importante analisar a credibilidade e situação financeira do mesmo para não perder dinheiro futuramente.

A importância da educação financeira para o Ailos

A educação financeira auxilia no aprendizado de entender como o dinheiro funciona e fazer escolhas conscientes sobre questões econômicas e financeiras.

Além disso, ela é essencial para quem busca ter mais tranquilidade em relação ao orçamento, fortalecendo a maneira como uma pessoa se relaciona com o dinheiro.

Assim, é possível planejar melhor os objetivos futuros, alcançar uma melhor qualidade de vida e administrar o dinheiro com mais eficiência.

Para isso, é importante ter o controle de todos os gastos diários, elaborando um planejamento financeiro. Com isso, o dinheiro começará a sobrar e você pode fazer algum investimento, que também será uma forma de poupar o dinheiro.

Agora que você entendeu o que é título de capitalização, caso queira saber mais sobre educação financeira, leia o artigo em nosso blog: Você sabe como a educação financeira funciona na prática?

O Ailos sabe da importância da educação financeira e como ela é fundamental para que as pessoas consigam atingir as suas metas. 

Por isso, tem um amplo leque de serviços com as melhores opções de investimentos que proporcionam segurança financeira e rendimento para o seu dinheiro.

Conheça os investimentos financeiros das Cooperativas Ailos! Oferecemos as melhores opções com rentabilidade acima da média de mercado! 

Conclusão

Neste artigo, você entendeu o que é título de capitalização, como ele funciona, as suas vantagens e desvantagens, além de algumas dicas de como adquirir.

O título de capitalização precisa ser adquirido com muita atenção, principalmente se houver necessidade de resgatar o dinheiro antes da data prevista, o que pode causar algumas perdas.

Por isso, se você precisa de dinheiro para resgatar sempre que precisar, invista também em outras modalidades que tenham mais rendimento, segurança e mais disponibilidade para quando precisar. 

Alguns exemplos são os títulos do Tesouro Direto, que são garantidos pelo governo nacional, os CDBs, LCIs e LCAs que têm a segurança do FGC.

Independentemente do investimento escolhido, é necessário sempre ter conhecimento sobre educação financeira, para saber administrar o seu dinheiro da melhor maneira possível e conseguir diversificar a sua carteira de investimentos e aplicações.

Vale ressaltar novamente que o Ailos é uma cooperativa de investimentos financeiros que te ajuda a encontrar a melhor opção de investimento para as suas necessidades. Entre em contato conosco e saiba mais sobre isso.

Aproveite e confira outros artigos já disponíveis em nosso blog sobre investimentos e educação financeira que ajudarão você:

ailos_blog_admin

Receba nossa newsletter

Inscreva-se

Faça um comentário

Últimos comentários (0)

Ocultar comentários
O Internet Explorer está sendo descontinuado.
Por favor, use outro navegador para acessar o blog. Veja alguns navegadores que você pode utilizar: