• 3 de outubro de 2022
  • 12 minutos

Jogos de educação financeira: 10 opções para aprender

Confira a lista de seis jogos para divertir as crianças enquanto ensina educação financeira.

Muitos adultos acabam não sabendo lidar com o seu dinheiro pela falta de educação financeira na infância. 

Embora o capital seja um assunto para adultos, a educação financeira deve ser introduzida desde a infância para que a pessoa se torne um adulto ciente de seus atos. 

A educação financeira é muito mais do que só ensinar a guardar dinheiro, existem diversos métodos para introduzir outros assuntos financeiros na infância. 

Uma maneira de fazer isso é introduzindo jogos digitais e de tabuleiro voltados para a educação financeira. 

Alguns exemplos desses tipos de jogos são: Banco Imobiliário, Monopoly, The Sims, Jogo da Vida e outros. 

Para auxiliar na introdução da responsabilidade financeira na infância de maneira divertida, separamos 10 opções de jogos de educação financeira que podem ajudar no processo. Continue lendo para conhecê-los! 

Se você deseja proporcionar os melhores momentos para sua família, mas não sabe por onde começar, conte com a Coopeativa Ailos. Temos as melhores soluções financeiras para você e sua família. 

Jogos de educação financeira: qual a importância deles para as crianças? 

Muitos responsáveis acham que os jogos físicos e digitais não estimulam o desenvolvimento cognitivo da criança, mas é muito pelo contrário. 

Atualmente, existem jogos que são criados especialmente para o desenvolvimento intelectual das crianças. 

Você sabe qual é a importância dos jogos de educação financeira na infância? Separamos os principais benefícios que eles proporcionam no desenvolvimento da criança. Confira abaixo. 

Aprendizagem de conceitos

Para algumas crianças, aprender conceitos específicos pode ser uma tarefa difícil e é responsabilidade dos pais moldarem estratégias para a absorção desses conhecimentos. 

Uma forma de introduzir um assunto específico e “difícil” para uma criança é através dos jogos de tabuleiro e digitais. 

Por exemplo, no caso da educação financeira, através dos jogos a criança poderá aprender o que é dinheiro, cálculos simples, contas a pagar e receber e outros conceitos. 

Incluindo jogos na educação de um pequeno, a criança aprenderá conceitos importantes para a vida de uma maneira divertida e descontraída. Além de ter uma rápida fixação em sua mente.

Ação lúdica para entender o valor do dinheiro 

Como não é possível ensinar a uma criança o valor do dinheiro com recursos reais, os jogos são uma maneira lúdica de representar a realidade. 

Por exemplo, com o Banco Imobiliário, o jogador possui um capital que deve gerir com inteligência se não pode chegar à falência. 

Esse é um exemplo do que pode acontecer na vida real. Quando uma pessoa gasta mais do que se tem, pode chegar à falência facilmente. 

Portanto, um jogo que faz o uso lúdico do dinheiro, pode mostrar à criança o real valor dos recursos financeiros. 

Criação de hábitos financeiros saudáveis 

Uma maneira de atingir a independência financeira quando adulto, é construindo hábitos financeiros saudáveis desde pequeno. 

Se você faz uma rotina saudável com o seu filho todos os dias, muito provavelmente, ele continuará com esse hábito até a fase adulta da vida. 

Essa estratégia também pode ser aplicada na educação financeira. Se você criar o hábito de economizar e cuidar do dinheiro na infância, com certeza, isso se refletirá quando adulto. 

Uma maneira de fazer isso é optando por jogos financeiros lúdicos, como dito anteriormente. 

Por exemplo, durante o jogo, dê uma quantia considerável para o seu filho e dê as coordenadas para que ele utilize o capital com consciência. 

Você pode jogar com o seu filho algumas vezes por semana. Desta maneira, você desenvolverá o hábito da saúde financeira no cotidiano da criança. 

Incentivo de tomada de decisões 

Todos os jogos estimulam a tomada de decisões, principalmente os jogos de educação financeira. 

Nos jogos de educação financeira, durante a partida, os jogadores deverão realizar decisões simples ou estratégicas para poderem chegar ao fim. 

Por exemplo, no Monopoly, os jogadores, durante o jogo, devem decidir qual casa comprar e onde investir o seu capital

No entanto, isso não acontece somente no Monopoly. Existem outros jogos de educação financeira que incentivam a tomada de decisões. 

Esse estímulo é muito importante para que a criança se torne uma pessoa independente e segura de si. Além de que, quando crescida, ela saberá muito bem onde aplicar o seu dinheiro. 

Estímulo da independência financeira e autonomia 

Como dito anteriormente, os jogos de educação financeira estimulam a autonomia e a independência financeira da criança. 

Apesar de estarem em fase de desenvolvimento, já é possível aplicar pequenas responsabilidades financeiras no cotidiano de uma criança. 

Por exemplo, ao invés de você dar um presente para o seu filho, você pode estimulá-lo a economizar a mesada para comprar o que ele quiser. 

Os jogos de educação financeira estimulam exatamente isso. A criança recebe uma quantia de capital em mãos e, para investir em seu objetivo, é necessário economizar o dinheiro. 

A partir do momento que a criança descobre que é possível economizar dinheiro, ela cria um senso de autonomia e independência financeira que perdurará pelo resto da vida. 

Jogos de educação financeira: os 10 melhores 

Agora que você já viu os benefícios e a importância dos jogos de educação financeira na infância, você precisa escolher aqueles que realmente vão ajudar no desenvolvimento intelectual da criança. 

Por isso, separamos os 10 melhores jogos de educação financeira que, simultaneamente, desenvolvem a inteligência, também são muito divertidos para a criança brincar. Vamos conhecê-los? Confira abaixo! 

Banco Imobiliário e Monopoly

Quem nunca jogou Banco Imobiliário durante horas e horas? Hoje em dia já existem variações como Monopoly e Jogo da Vida que seguem a mesma temática, mas são um pouquinho diferentes.

Mesmo com algumas modificações, todos eles são os mesmos em essência: lidam com a compra e venda de propriedades como casas, hotéis e empresas, e vence o jogador que não for à falência ou que tiver mais propriedades.

Já no Jogo da Vida, o jogador trilha uma vida fictícia, com opções de carreira, casamento, compra de casa, e falência, determinados através do girar da roleta, e vence quem tiver a vida mais bem-sucedida.

Jogo da vida

Já no Jogo da Vida, o jogador trilha uma vida fictícia, com opções de carreira, casamento, compra de casa, e falência, determinados através do girar da roleta, e vence quem tiver a vida mais bem-sucedida.

Diferentemente do Banco Imobiliário e Monopoly, o Jogo da Vida desenha as partidas mais semelhantes à realidade. Já que no jogo você casa, adquire casas, quebra o carro, perde dinheiro, ganha dinheiro e outros. 

Esse jogo é muito importante para que a criança entenda o valor do dinheiro e como suas decisões podem impactar o seu futuro. Por isso, ele acaba estimulando a tomada de decisões e a independência dos jogadores. 

SimCity 

O SimCity é um jogo para as crianças que pensam grande, já que o objetivo do game é construir e administrar uma cidade por completo. Nele, quanto mais o jogador investe na cidade, mais dinheiro ele ganha. 

Por ser um jogo digital, ele pode ser complicado para crianças muito novas. Então, é interessante introduzi-lo a partir dos 8 a 10 anos. Com o SimCity, a criança aprenderá a ser mais organizada e cumprir com suas responsabilidades. 

O SimCity é uma das maiores franquias de jogos digitais que simulam a construção e administração de cidades. O jogo conta com diversas versões e com diferentes novidades dependendo do que o jogador escolher. 

Catan 

O Catan é um jogo de cartas que estimula os jogadores a gerenciarem e pouparem recursos para evitar que eles se esgotem. Catan é uma ilha deserta que os jogadores devem colonizar. A experiência desperta a reflexão sobre como criar uma sociedade sustentável para que as futuras gerações possam aproveitá-la. Tudo a ver com o cooperativismo, não acha?

Dia de Mesada da Turma da Mônica

O Dia de Mesada da Turma da Mônica é uma ótima opção para as famílias que dão mesada para seus filhos. No jogo, a criança aprende a como utilizar o seu dinheiro de maneira consciente. 

Durante a partida, os jogadores devem utilizar técnicas específicas para ganhar, trocar e poupar seu dinheiro para comprar peças no tabuleiro. Diferente do Banco Imobiliário, ele é mais fácil de jogar, então é ideal também para crianças menores. 

A partir dos ensinamos do jogo, as crianças poderão aprender a como manusear sua própria mesada sem gastar com tudo o que ver. Além disso, com a responsabilidade financeira que o jogo propõe é possível até mesmo aumentar a mesada dos pequenos. 

Pique-nique

Se você está tentando ensinar economia para o seu pequeno, o jogo Pique-nique é ideal para você. Nele, o jogador que juntar mais capital poderá comprar os itens necessários para ganhar a partida. 

Durante o jogo, os jogadores devem cumprir alguns desafios comprando itens pré-selecionados. No final, quem tiver a cesta cheia de itens e com mais dinheiro, é nomeado o ganhador. 

O jogo visa ensinar a como juntar dinheiro para atingir os objetivos. Ele foi criado pelo Instituto Brasil Solidário em parceria com o Bank of America Merrill Lynch e foi vencedor do 2º Prêmio Cubo de Ouro na categoria “Melhor Projeto Social Geek”, em 2018. 

O pequeno empresário

O jogo pequeno empresário é um game que foi desenvolvido para pequenos empreendedores — ideal para os pais que desejam mostrar um pouco do mundo dos empresários na infância de seus pequenos.

O jogo é recomendado para crianças a partir dos 6 anos. Na partida, os jogadores devem cair sempre nas casas de sua cor, caso ao contrário, precisarão girar a roleta para saber a quantia que precisará ser paga para o proprietário daquela casa.

No jogo, vence o jogador que terminar com mais dinheiro. Por isso, além de ensinar as crianças como funciona o mundo dos empreendedores, também ajuda a importância de juntar dinheiro. 

Renda Passiva 

Este jogo já é mais indicado para crianças um pouco maiores, por isso, sua recomendação de idade é a partir dos 12 anos. Além de que o game funciona como uma simulação da vida financeira adulta. 

Diferente dos outros jogos citados, o Renda Passiva é um jogo que não depende da sorte das cartas e dados, vence o jogador que conseguir alcançar a independência financeira através de investimentos, administração de dívidas, imóveis e outros. 

O objetivo principal do jogo é simular um ambiente semelhante às decisões da vida adulta, oferecendo diversos cenários e elementos da vida financeira. Por isso, este jogo é ideal para o desenvolvimento da independência de uma criança. 

Candy Crush 

Para as crianças conectadas que preferem os jogos de tela, um clássico é o Candy Crush. Cada rodada do jogo permite que você use até 45 movimentos. Porém, se conseguir economizar e utilizar menos, os movimentos poupados te ajudam a explodir doces e ganhar ainda mais pontos.

Essa dinâmica, apesar de não ser a principal do jogo, já é um ótimo incentivo e exemplo da importância de fazer “mais com menos” e de pensar a longo prazo antes de tomar qualquer decisão, ou no caso do jogo, fazer qualquer movimentação.

Tá O$$O

O jogo Tá O$$O foi desenvolvido pela Associação de Educação Financeira do Brasil (AEF-Brasil) com o objetivo de auxiliar os educadores das escolas a ensinarem os ensinamentos básicos da educação financeira para os alunos. 

Apesar do seu design cartoon, o jogo pode ser utilizado tanto no ensino fundamental quanto no médio, mas qualquer criança ou adolescente pode jogar. Para utilizá-lo, você precisará de um smartphone, já que o jogo é totalmente digital.

No jogo, os personagens devem percorrer diferentes espaços da cidade vencendo desafios para se tornarem bem-sucedidos. No entanto, devem fazer economias para realizar trocas do skate ou descobrir para onde está indo à mesada. 

Money Race 2

Se você é daqueles pais que gostam de implementar tecnologias na infância dos seus pequenos, o Money Race é um jogo de educação financeira que ensina a fazer o dinheiro trabalhar para o bolso. 

Até então, só existe a versão do jogo em inglês, mas também é uma forma dos seus filhos aprenderem o vocabulário financeiro em outra língua. No entanto, como é um app para crianças e adolescentes, não é tão difícil de compreendê-lo. 

No jogo, o player precisa adotar estratégias específicas para realizar a gestão e investimento do seu dinheiro para desenvolver o seu patrimônio e construir novas riquezas. É uma ótima opção para aplicar o conhecimento da educação financeira mais avançada. 

Jogos de educação financeira: conheça a turminha Ailogs! 

O objetivo da Ailos não é só auxiliar na vida financeira de adultos, também queremos fazer a diferença no desenvolvimento das crianças e dos adolescentes. 

Por isso, a Cooperativa Ailos criou a turminha Ailogs, que tem a missão de ensinar sobre o cooperativismo e educação financeira de uma maneira divertida.

Você pode contar com os nossos tripulantes (Sisi, Ed e Med, Betto e Pilar) para conhecer mais sobre o cooperativismo e aplicar os conhecimentos da educação financeira na vida do seu pequeno de uma maneira divertida. 

Venha baixar o jogo da Turminha Ailogs e aprenda mais sobre educação financeira junto ao seu pequeno. Confira em nosso site oficial! 

Conclusão

Apesar da importância da educação financeira só estar sendo reconhecida agora, se ela tivesse sido aplicada há algumas décadas, não teríamos tantos adultos inadimplentes. 

Por isso, se você deseja que o seu filho tenha total controle das suas finanças e alcance a independência financeira cedo, aplique a educação financeira já em sua infância. 

Como ressaltado durante o texto, você pode fazer isso aplicando jogos físicos e digitais de educação financeira em seu cotidiano. 

Desta maneira, ela aprenderá os conceitos básicos de finanças e poderá aplicar em seu cotidiano, mesmo com uma quantia pequena. 

Se você quiser um apoio completo nessa caminhada de educação financeira, pode contar com a Turminha Ailogs da Cooperaiva Ailos. Estamos ansiosos para poder ensinar o seu pequeno a lidar com suas finanças! 

Receba nossa newsletter

Inscreva-se

O Internet Explorer está sendo descontinuado.
Por favor, use outro navegador para acessar o blog. Veja alguns navegadores que você pode utilizar: