• 13 de dezembro de 2022
  • 12 minutos

Como conseguir empréstimo negativado: entenda!

12 minutos

Quando uma pessoa está negativada é muito difícil conseguir a confiança de instituições financeiras, já que está com algum débito pendente em seu nome. 

No entanto, nada é impossível. Existem pessoas que ainda conseguem ter um empréstimo aprovado mesmo negativadas. 

Agora você deve estar se perguntando “Como conseguir um empréstimo negativado?”. Pode ser um pouco difícil, mas com calma e dedicação, você chega lá! 

Para conseguir um empréstimo estando negativado, você precisa analisar alguns pontos da sua vida financeira, como Histórico, Cadastro Positivo e Dados de Negativação. 

Com o objetivo de deixar esse processo mais simples possível, a Cooperativa Ailos separou este artigo para te explicar como conseguir um empréstimo mesmo estando negativado. 

Se você está em busca de uma instituição financeira para dar o primeiro passo para o seu sucesso financeiro, conte com o Ailos. Conheça nossos serviços! 

O que pode causar negativação? 

A negativação acontece quando um cidadão é registrado nos órgãos de proteção ao crédito, como Boa Vista SCPC, Serasa e outros. 

Essa negativação acontece pelo simples fato do indivíduo não ter cumprido com suas obrigações financeiras. Ou seja, não pagou o que devia para uma empresa ou instituição. 

Por exemplo, se você não pagar a fatura do seu cartão de crédito, o seu CPF será registrado em órgãos de proteção de crédito. 

No entanto, antes de uma empresa registrar um indivíduo nos órgãos de proteção de crédito, ela espera um certo período de tempo. 

Caso passe alguns dias e o indivíduo não pague o débito pendente, certamente, ele será registrado no órgão de proteção de crédito. 

Quais as principais consequências de estar negativado? 

Ser negativado gera diversos malefícios para a vida financeira do indivíduo, incluindo o impedimento de realizar negócios com instituições financeiras. 

Infelizmente, existem muitos cidadãos brasileiros que estão nessa situação e estão impedidos de utilizarem cartões de crédito, solicitaram empréstimos e outros. 

Ou seja, o indivíduo que está negativado passa a ter restrições de crédito e financiamentos negados. Além disso, outras situações que podem ser enfrentadas são: 

  • Bloqueio de liberação de crédito bancário e financiamento; 
  • Impedimento da solicitação de empréstimos; 
  • Rompimento de negócios que estavam ativos; 
  • Impossibilidade de compra em lojas específicas, especialmente as que utilizam crediário;
  • Não alugar um imóvel diretamente com a imobiliária. 

Ou seja, quando uma pessoa está com o nome negativado, ela está impossibilitada de realizar grande parte das atividades essenciais. 

O que é score? 

O score de crédito é uma pontuação usada por empresas de crédito no Brasil para saber se um indivíduo é bom ou mau pagador. 

Ou seja, se a pontuação do consumidor estiver baixa, significa que ele é um mau pagador. Se estiver alta, significa que é bom pagador. 

Essa pontuação vai de 0 a 1.000 pontos sendo calculada de acordo com os hábitos de consumo do indivíduo, como o pagamento de suas dívidas, uso do cartão de crédito e outros. 

Então, o score de crédito foi criado para auxiliar as instituições financeiras a saberem como uma pessoa está com suas finanças. 

Através dele, é possível saber se um cidadão é um “bom pagador” e fechar acordos de crédito com o mesmo. 

Com essa pontuação será possível saber se o consumidor está ao nível de honrar com seus compromissos financeiros. 

Como é calculado o score? 

O objetivo principal do score de crédito é tentar traduzir em números se um cidadão é um bom pagador ou não. 

Como dito anteriormente, a pontuação do score é composto de uma escala que vai de 0 a 1.000, onde 0 é a pior pontuação e 1.000 a melhor. 

Ou seja, quanto melhor o seu score, mais oportunidades de crédito serão liberadas para você. Para mantê-lo estável só basta pagar suas dívidas. 

Todos os órgãos de proteção de crédito criam automaticamente um Score para cada CPF. Então, mesmo que uma pessoa não saiba seu score de crédito, ele possui um. 

No cálculo de um score de crédito, os birôs consideram diversos fatores. Ele se baseia no histórico do indivíduo e pontua se está indo bem ou não. Alguns dos elementos considerados na hora pontuação são: 

  • As contas estão sendo pagas em dia? 
  • Quais são as contas atrasadas? 
  • Existem débitos ativos em nome do consumidor? 
  • Quais contas foram pagas e quais não foram pagas? 
  • Como está o Cadastro Positivo da pessoa? 
  • Qual é a relação do indivíduo com suas instituições financeiras? 

Além disso, os birôs também consideram as informações da renda da pessoa, sua estabilidade trabalhista, se é autônoma e outras informações. 

Como conseguir empréstimo negativado? 

Embora existam restrições no nome do consumidor, ainda é possível conseguir uma oportunidade de empréstimo. 

No entanto, é necessário que a pessoa siga alguns pontos para o seu empréstimo ser aprovado no final do processo. 

Para você ter mais chances de conseguir o seu empréstimo negativado, trouxemos as principais dicas para ter sucesso em sua solicitação. Confira abaixo! 

Procurar credores que ofereçam o serviço 

Existem credores especializados em empréstimos para negativados. Essa é a melhor opção para quem deseja ser certeiro em sua solicitação. 

Isso porque essas empresas já sabem todo o processo para conseguir liberar crédito para um negativado. 

Dessa maneira, o indivíduo negativa terá um suporte a mais para poder conseguir um pouco de crédito nas instituições financeiras. 

No entanto, é extremamente importante o negativa verificar qual é a empresa que está entrando em acordo. Atualmente, existem muitos negócios que mentem que conseguem empréstimos para negativados, mas no final, é um golpe. 

Por isso, antes de entrar em negociações com empresas que oferecem esse tipo de serviço, veja avaliações e analise as propostas oferecidas. 

Empréstimo consignado 

O empréstimo consignado acaba atraindo diversas pessoas que possuem o CPF negativado e que precisam de dinheiro rápido. 

No entanto, a ansiedade por recursos financeiros podem levar até situações arriscadas e essas pessoas acabam se associando com empresas sem credibilidade. 

Por isso, se você conseguir um empréstimo consignado mesmo com o nome sujo, pesquise sobre a empresa que ofertará o crédito. 

Além disso, outro ponto que necessita de destaque são as taxas cobradas por essas empresas. Afinal, se forem altas demais, o empréstimo consignado pode se tornar uma opção menos vantajosa. 

Inclusive esse é um dos pontos principais a serem considerados na hora de fechar um contrato de crédito com qualquer instituição financeira. 

Imóvel como garantia 

Dependendo da instituição financeira, para conseguir o seu empréstimo, o indivíduo oferece um bem como prova de pagamento. 

Por exemplo, você pode dar à instituição financeira o seu imóvel como garantia de um empréstimo solicitado. 

Ou seja, se o indivíduo não honrar com suas responsabilidades, a instituição financeira que cedeu o empréstimo pode ficar com o bem que foi ofertado. 

Essa opção é um pouco arriscada, já que um bem estará em jogo. Portanto, só ofereça seu imóvel se o empréstimo for muito necessário. 

Caso contrário, procure outras opções para conseguir um empréstimo e preserve o seu bem para ser utilizado em outras situações. 

Automóvel como garantia 

Se você não quiser oferecer seu imóvel como garantia, é possível utilizar o seu automóvel. Caso o débito não seja pago, a instituição financeira poderá ficar com o bem. 

Essa modalidade também é conhecida como refinanciamento de veículo. Ela aumenta as chances de aprovação de crédito do consumidor e também oferece condições especiais. 

O melhor de tudo é que enquanto você quitar suas parcelas do empréstimo, ainda será possível utilizar seu carro. 

Como sair do crédito negativo? 

A forma mais certeira de conseguir um empréstimo é saindo do negativo. Mas você deve estar se perguntando “como eu posso fazer isso?”. Por um lado, pode ser simples! 

Tudo o que você precisa é planejar e desenhar estratégias de pagamento das suas dívidas, e o principal, economizar. 

No entanto, para que a ideia fique mais clara na sua cabeça, a Ailos separou os passos principais para tirar a sua vida financeira do vermelho e conseguir um empréstimo. Confira! 

Organize suas dívidas 

O primeiro passo para você sair do vermelho é organizando suas dívidas. Desta maneira, você saberá o que está devendo e por onde começar. 

Não deixe que a falta de dinheiro te paralise e faça com que você não busque estratégias para sair das dívidas. 

Essa é uma armadilha muito comum que acontece quando alguém está negativado. Fechar os olhos para a dívida pode ser reconfortante, mas não é a melhor solução para ganhar dinheiro.

Então, abra seus olhos para a dívida e defina quais são os débitos pendentes e seu nome. A partir disso, é possível iniciar uma estratégia de pagamento. 

Faça uma planejamento 

Independentemente de você estar negativado ou não, é essencial criar o hábito de planejamento financeiro. 

Somente assim você conseguirá alcançar a independência financeira e evitará a inadimplência. 

Esse processo é ainda mais importante para aqueles que estão negativados, pois sem planejamento não é possível arcar com os débitos pendentes. 

Portanto, após analisar e definir os débitos abertos em seu nome, comece a realizar um planejamento financeiro para iniciar os pagamentos. 

Faça o planejamento de acordo com a sua realidade financeira, já que não é preciso enfiar os pés pelas mãos. Ou seja, pague somente o que der e o que ainda estiver em aberto, tente pagar durante os próximos meses. 

Por isso, faça um planejamento financeiro considerando todos os débitos em aberto e veja o que poderá ser pago durante o quitamento. 

Negocie

Depois de definir quais são as dívidas que estão ativas em seu nome e ter cortado os gastos desnecessários, está na hora de falar diretamente com a empresa que registrou o débito. 

Este momento é o ideal para você mostrar sinceridade e falar o porquê do atraso do débito. Dessa maneira, o credor poderá ver caminhos práticos para quitar o seu débito. 

Vale ressaltar que a renegociação de dívida não é uma ação de “caridade” ao credor, afinal, também é do interesse da empresa o abatimento da dívida. 

No entanto, antes de realizar qualquer acordo, você deve ter em mente dois pontos: 

  • Insista na solução;
  • Não aceite qualquer acordo. 

Não importa o motivo da pendência, o que você precisa demonstrar na hora do acordo é que você realmente deseja quitar o débito. 

Então, sugira ao credor formas de parcelamento ou a quantia à vista que seja realista para o seu bolso. Não adianta aceitar uma proposta que seja irreal para sua vida financeira. 

Aliás, também não aceite qualquer acordo que o credor proponha. Isso porque a empresa também vai querer ganhar em cima da sua dívida. 

Portanto, analise a proposta que o credo está te oferecendo e veja se condiz com sua realidade financeira. 

Dê prioridade para as dívidas com maiores juros 

No cenário financeiro, se possível, sempre comece pela dívida mais complexa — ou seja, a que tenha mais juros. 

Isso porque a tendência dessas dívidas é só aumentar e virar uma grande bola de neve, até um momento que será impossível do consumidor pagá-la. 

Portanto, quando já tiver o controle das suas finanças, comece pagando o débito com o maiores juros. Dessa forma, você elimina as dívidas mais difíceis e sobram somente as fáceis. 

Como consultar o seu score? 

A maneira de consultar o seu score dependerá do birô que gere a pontuação de crédito do seu estado. Atualmente, existem quatro operadores de crédito: Boa Vista, Serasa, SPC e Quod. 

Se sua pontuação for gerida pelo Serasa, a própria empresa disponibiliza uma plataforma e um aplicativo para a consulta do score. Se estiver pelo computador, acesse o site do Serasa e cadastre-se. Ou então, se estiver no celular, baixe o app “Serasa Experian”. 

Para ter um apoio mais especializado, também é válido entrar em contato com a sua operadora de crédito para saber qual é a plataforma oficial de consulta de score. Dessa maneira, você evita ataques cibernéticos com seus dados. 

Se você está à procura de uma instituição financeira para ingressar no mundo dos empréstimos, consórcios e financiamentos, conte com a Cooperativa Ailos. 

Estamos aqui para te ajudar com suas finanças e para que você alcance sua tão sonhada independência financeira. Conheça as soluções das cooperativas Ailos!

Conclusão 

Mesmo que você esteja com o nome negativado, não dê as costas para suas dívidas. Quanto mais cedo você quitá-los, melhor será o futuro da sua vida financeira. 

Quando um indivíduo se encontra negativo, ele fica impossibilitado de realizar a maioria das principais transações financeiras, como adquirir ou alugar um imóvel, comprar um automóvel ou até mesmo assinar um plano de operadora móvel. 

Então, se você se encontra nessa situação, organize-se financeiramente e comece a pagar imediatamente seus débitos. 

Caso precise de uma “mãozinha” financeira, conte com uma instituição financeira que te ajudará a sair das dívidas, como a Cooperativa Ailos. Conheça nossas soluções e veja o que pode te ajudar do negativo. 

ailos_blog_admin

Receba nossa newsletter

Inscreva-se

Faça um comentário

Últimos comentários (0)

Ocultar comentários
O Internet Explorer está sendo descontinuado.
Por favor, use outro navegador para acessar o blog. Veja alguns navegadores que você pode utilizar: