• 28 de outubro de 2022
  • 16 minutos

Empréstimo com garantia de imóvel: entenda o que é e como funciona!

16 minutos

Realizar um sonho financeiro é sempre um motivador em nossa vida. Todos temos metas pessoais e profissionais, que estão relacionadas ao dinheiro. Contudo, alcançar esses objetivos é um tanto complicado. 

Nesse contexto, o empréstimo com garantia de imóvel surge para ajudar milhares de brasileiros a chegar mais perto de concretizar seus projetos. Seja abrir uma empresa, comprar um carro ou fazer uma viagem internacional. 

Entretanto, você sabe como esse tipo de imóvel funciona? Continue acompanhando o artigo a seguir e aprenda tudo sobre o assunto!

Conheça as soluções de empréstimos e financiamentos pessoais da Ailos: crédito com taxas reduzidas para você realizar seus sonhos!

O que é empréstimo com garantia de imóvel?

Conforme o próprio nome indica, esse tipo de empréstimo é uma linha de crédito especial, oferecida por bancos e cooperativas de crédito. 

Sua principal característica é que o tomador do empréstimo deve apresentar um imóvel como garantia do pagamento da quantia adquirida. 

É essencial que o imóvel não esteja alienado a nenhuma outra instituição financeira. 

Nessa modalidade, o montante disponível para o empréstimo é de até 60% do valor avaliado da propriedade oferecida como garantia. 

Então, quanto mais valor a casa ou apartamento tiver, mais dinheiro o solicitante receberá.

Um dos maiores atrativos dessa linha de crédito são os juros baixíssimos. Como a instituição tem o imóvel do cliente como garantia, o negócio se torna bastante seguro. 

Por outro lado, se o tomador não honrar com os pagamentos, correrá o risco de perder a moradia. 

Na prática, esse tipo de empréstimo é bastante utilizado para negociar dívidas caras, investir em um negócio, reformar uma casa, casar e outras finalidades.

Como funciona o empréstimo com garantia de imóvel?

Você aprendeu acima que o crédito com garantia de imóvel utiliza da propriedade para garantir o pagamento das prestações. 

Com isso, o solicitante demonstra para o banco ou cooperativa que ele não oferece risco de inadimplência e, assim, consegue pegar o dinheiro emprestado com juros baixos. 

Um dos pré-requisitos para obter essa linha de crédito é ter um imóvel registrado no nome do interessado e assinar o documento do empréstimo. A propriedade por ser tanto residencial, quanto comercial.

Durante a vigência do contrato, toda a operação é registrada em cartório, mas o bem continua no nome do proprietário. 

Assim, ele poderá continuar usufruindo do imóvel, como residência ou alugando comercialmente. 

Nesse sentido, não há necessidade de desocupar. Dessa forma, o bem ficará alienado à instituição financeira até o fim do contrato. 

Qual é a taxa de juros para empréstimo com garantia de imóvel?

Basta você pesquisar as diferentes opções de empréstimo com garantia de imóvel para encontrar soluções com juros baixíssimos — a partir de 0,84% ao mês, dependendo da instituição financeira, prazo e valor do empréstimo. 

As taxas de juros são baixas dessa forma, pois o imóvel é oferecido como garantia em caso de inadimplência. 

Portanto, como os riscos de não receber o valor das prestações é mínimo, o cliente consegue ótimas condições de pagamento. 

Qual o tipo de imóvel pode ser usado como garantia para empréstimo?

Para conseguir essa modalidade de empréstimo, a primeira exigência é que a propriedade oferecida esteja em ótimo estado. Normalmente, as instituições aceitam imóveis residenciais e comerciais. 

Essas casas, apartamentos ou salas comerciais podem ser novas ou usadas. Entretanto, o estado, tempo de construção e outros aspectos são analisados antes de liberar o crédito ao cliente. É a partir dessa análise que o valor do empréstimo é definido. 

Empréstimo com garantia de imóvel para negativado

Muitos se perguntam sobre a possibilidade de conseguir um empréstimo com garantia de imóvel, mesmo estando com o nome negativado. 

Isso é completamente possível. Basta encontrar uma instituição financeira que aceite essas condições; algo que não será tão difícil. 

Afinal, ter um imóvel como garantia, gera segurança para os bancos ou cooperativas, pois não ficarão em prejuízo, caso o solicitante deixe de pagar as parcelas. 

Empréstimo com garantia de imovel de terceiros

Existem instituições que aceitam o uso de imóveis de terceiros como garantia para liberar o empréstimo. 

Contudo, esse imóvel em questão precisa estar registrado em nome de parentes de primeiro grau do solicitante — pais, irmãos ou cônjuges. 

Empréstimo com garantia de imóvel não quitado

Ao oferecer um imóvel não quitado com garantia para o empréstimo, a instituição utiliza parte do valor liberado para quitar a propriedade. 

Depois que a dívida é paga, a quantia restante poderá ser usufruída pelo cliente. A partir disso, as prestações deverão ser pagas conforme descrito no contrato. 

Empréstimo com garantia de imóvel financiado

Semelhante ao empréstimo com garantia de imóvel não quitado, parte do valor é usado para quitar o saldo devedor do financiamento. 

Caso algum valor sobre após a transação, o cliente poderá utilizá-lo como desejar, colocando a propriedade como garantia do pagamento das parcelas. 

Empréstimo com garantia de imóvel comercial

Inúmeros bancos e cooperativas de crédito aceitam imóveis comerciais como garantia para conceder um empréstimo. Então, caso você tenha uma propriedade do tipo, saiba que ele pode ser usado para conseguir um bom dinheiro emprestado. 

Empréstimo com garantia de imóvel não averbado

Você sabe o que é um imóvel não averbado? Trata-se de uma propriedade que está irregular, de alguma maneira — registro desatualizado no cartório, problemas na documentação e outros. 

Caso tenha uma casa, apartamento ou sala comercial nessas condições, saiba que é possível utilizar o imóvel como garantia para conseguir um empréstimo. 

Entretanto, o processo de aprovação pode ser mais complicado. Nesse contexto, a melhor alternativa é tentar regularizar a propriedade antes de solicitar o empréstimo. 

Empréstimo com garantia de imóvel rural

Apesar de ser complicado encontrar alguma instituição financeira que aceite um imóvel rural como garantia, não é impossível. 

Propriedades rurais estão ligadas a atividades de agricultura e pecuária, utilizadas como moradia ou exclusivamente para fins comerciais. 

Desse modo, as condições da construção podem facilitar a aprovação da linha de crédito.

Quais as vantagens do empréstimo com garantia de imóvel?

Depois de tantas informações valiosas sobre esse tipo de empréstimo, é interessante detalharmos quais são as reais vantagens de solicitar esse crédito. Veja a seguir!

Juros mais baixos

Já mencionamos por aqui a vantagem dessa modalidade de empréstimo oferecer juros super baixos aos clientes. Algumas instituições aplicam juros de menos de 1% ao mês.

É claro que tudo dependerá das condições do empréstimo, valor liberado e prazo de pagamento. Seu perfil de crédito também é considerado nesse cálculo. 

Mesmo assim, ao utilizar um imóvel como garantia, você “prova” para o banco ou cooperativa que não haverá riscos para ela nessa transação. Assim, a confiança é bem maior, se compararmos com os empréstimos pessoais. 

Não precisar vender o imóvel

Também citamos brevemente acima que você não precisa se desfazer do imóvel para utilizá-lo com garantia de empréstimo. 

É possível conseguir um dinheiro extra, com juros baixos e ainda seguir utilizando a propriedade como moradia, alugá-la e outras finalidades.

Inclusive, é por essa razão que inúmeras pessoas recorrem a esse tipo de crédito para reinvestir em suas casas, ou mesmo adquirir outro imóvel, por exemplo.

Empréstimos maiores

Ao oferecer um imóvel como garantia para o empréstimo, você consegue negociar um valor mais alto com a instituição. 

Conforme explicamos inicialmente, o valor do bem influenciará nessa negociação, já que os bancos e cooperativas estabelecem uma porcentagem de crédito baseada nessas informações.

De todo modo, conseguir um valor de empréstimo bem mais alto do que outras modalidades oferecem, é o que torna o crédito com garantia de imóvel bem mais atrativo. 

Prazos de pagamento melhores

Além de obter um valor maior, o parcelamento da dívida é completamente otimizado, graças ao imóvel alienado. Assim, as prestações são ajustadas para que não prejudiquem seu orçamento pessoal. 

Diferentemente dos empréstimos tradicionais — valores menores, juros altos e curto prazo de pagamento, o crédito com garantia de imóvel costuma distribuir as prestações no decorrer de 15 a 20 anos. 

Liberdade para usar o crédito

Obter uma quantia elevada de empréstimo é comum em financiamentos imobiliários

Entretanto, nessa categoria de crédito, você só poderá usar o valor conseguido para comprar um imóvel. 

No caso do empréstimo com garantia de imóvel, você terá liberdade para utilizar o dinheiro adquirido como e quando quiser. 

Qual a diferença entre empréstimo com garantia e hipoteca?

Muitas pessoas costumam confundir o empréstimo com garantia e hipoteca. Apesar de semelhantes, existem algumas diferenças entre eles, especialmente no modelo de contrato.

A hipoteca também serve para assegurar a quitação de uma dívida. Entretanto, seu processo é bem mais burocrático. 

Existem barreiras legais que deixam a operação ineficiente e pouco rentável para a instituição financeira. 

Quando o cliente hipoteca uma propriedade para obter crédito, o bem continua em seu nome. Isso atrapalha a tomada do imóvel pelo banco ou cooperativa, em caso de inadimplência. 

Então, caso a instituição precise tomar a propriedade, dependerá de uma decisão judicial, que pode levar anos até sua conclusão. Dessa maneira, no Brasil, diversas organizações financeiras deixaram de utilizar esse recurso. 

Com o empréstimo de garantia de imóvel, o solicitante transfere a propriedade do bem para a empresa, temporariamente — até o final do contrato. 

Isso é o que chamamos de alienação fiduciária. Assim, a instituição obtém a posse indireta do imóvel, enquanto o cliente mantém a posse direta, usufruindo de sua residência ou sala comercial. 

Nesse contexto, a retomada ocorre com mais facilidade. Tudo é feito extrajudicialmente, por meio do Cartório de Registro de Imóveis. 

Quando que o imovel é tomado?

O solicitante do empréstimo poderá perder o imóvel caso deixe de honrar com o pagamento das prestações. 

Entretanto, apesar de ser uma operação mais simples do que a hipoteca, tomar um bem de um cliente ainda é custoso para o banco. Então, essa opção é utilizada como último recurso. 

Outro ponto é que, mesmo após a tomada do bem, a empresa credora pode não reaver o valor emprestado pelo cliente. 

Isso porque, o imóvel vai a leilão e, parte da quantia obtida é usada para amortizar a dívida. O restante é devolvido para o dono. Então, o banco ou cooperativa dificilmente obterá lucro nessa transação.

Vale destacar que um bem parado não rende juros. Além disso, ainda há a chance da instituição demorar para conseguir vender a propriedade, ou nem conseguir. 

Porém, isso não significa que o cliente pode “relaxar” e deixar de arcar com seus compromissos financeiros. No fim das contas, ainda há a possibilidade de perder o im´povel para quitar a dívida. 

É possível morar no imóvel utilizado como garantia para o empréstimo?

Também já mencionamos esse ponto mais acima. O cliente pode continuar usando o bem imóvel como quiser, mesmo estando alienado pelo empréstimo. 

A propriedade fica em nome da instituição até o final do contrato, mas a posse direta continua sendo do solicitante. Assim que as prestações estiverem todas pagas, o imóvel retornará para seu nome. 

O dono também pode vender a propriedade. Porém, terá que quitar a dívida ou transferi-la para o novo comprador. Todo o processo é documentado e registrado em cartório. 

Quais os documentos necessários?

Você precisará reunir uma série de documentos para solicitar seu empréstimo com garantia de imóvel. Entre eles, estão as documentações pessoais e do imóvel. 

Confira os documentos pessoais necessários para fazer o empréstimo:

  • RG e CPF ou CNH (do casal);
  • Se solteiro, Certidão de Nascimento;
  • Se casado, Certidão de Casamento;
  • Nos casos que o regime de casamento for através de Comunhão Universal ou Total de Bens, deverá apresentar – Certidão de Registro do Pacto Antenupcial (devidamente averbada no cartório de imóveis);
  • Se separado/divorciado ou viúvo, Certidão de Casamento com a averbação da atual situação;
  • Comprovante de Residência atualizado (mês vigente/água, luz ou telefone fixo);
  • Comprovante de renda — holerites ou extratos bancários, dependendo do perfil do solicitante.

Veja a seguir os documentos do imóvel exigidos para a liberação do empréstimo:

  • Matrícula do imóvel, caso possua vaga autônoma apresentar matrícula;
  • Capa de IPTU, constando a metragem do imóvel;
  • Declaração Negativa de Débitos de Condomínio.

Como solicitar o empréstimo com garantia de imóvel

Entre a solicitação do empréstimo até o dinheiro cair oficialmente em sua conta, serão necessários alguns estágios que levam certo tempo. 

Apesar de ser mais demorado que outras modalidades de crédito, vale muito a pena a espera, devido aos benefícios — juros menores, valores mais altos e outros citados nos tópicos anteriores. Veja quais são as etapas a seguir!

Solicitação

Atualmente, você pode fazer uma simulação de empréstimo na página oficial da instituição financeira escolhida. 

Também é possível solicitar o empréstimo pela Internet, preenchendo somente alguns dados exigidos pela empresa. 

Análise de crédito

É nesse estágio em que a situação financeira do solicitante é avaliada. Isso é feito para certificar que o cliente possui as condições adequadas para arcar com as prestações. 

Além disso, também é avaliado a quantia pedida. Caso as informações não se encaixem com os critérios da empresa, a solicitação é barrada. 

Situação cadastral e avaliação do imóvel

Todos os documentos enviados pelo solicitante são verificados em uma triagem. Ao mesmo tempo, o bem imóvel é minuciosamente avaliado para, então, se tornar uma garantia do pagamento do empréstimo. 

Negociações e assinatura do contrato

Assim que tudo for liberado, há o envio do documento de formalização de empréstimo para a assinatura. 

Esse papel é chamado de CCB (Cédula de Crédito Bancário). O contrato é entregue ao banco e o bem é cadastrado no Cartório de Registro de Imóveis.

O que avaliar antes de solicitar o empréstimo com garantia?

Depois de pesquisar bastante sobre essa linha de crédito, é importante avaliar suas finanças e seu bem imóvel. 

Só assim você poderá realmente saber se poderá arcar com as  parcelas e se deve oferecer sua propriedade como garantia.

É importante observar que nossa ênfase está em questões gerais, que podem variar dependendo da instituição financeira escolhida e de suas circunstâncias pessoais. 

São atitudes que todas as instituições adotam para garantir que o consumidor esteja contratando de forma segura, e que todo cliente deve considerar antes de solicitar um empréstimo. Confira abaixo!

Imóvel

Para ser capaz de solicitar o empréstimo com garantia de imóvel, você deve ter uma propriedade em seu nome ou em nome de terceiros — pais, irmão ou cônjuges. Seja uma casa, apartamento ou sala comercial. 

É fundamental analisar esse ponto antes de contatar uma instituição financeira. Obviamente, o bem deve estar regularizado, com a escritura e todos os documentos em ordem. 

Também certifique-se das condições do imóvel. Caso as exigências não sejam cumpridas, o empréstimo poderá ser negado. 

Valor do crédito

Outra questão super importante a ser analisada é sobre o valor tomado no empréstimo. Algumas pessoas buscam quantias menores, que são perfeitamente atendidas por outras modalidades. 

Nesse sentido, é fundamental definir a quantia que você precisa e não fugir dela. Mesmo que escolha o valor mínimo, ele ainda pode ser muito alto para suas necessidades — os empréstimos começam em R$35 mil. 

Tenha em mente que precisará devolver a quantia tomada, além de juros e outros encargos. 

Esse tipo de crédito é indicado para quem deseja quitar dívidas caras, reformar a casa, investir em uma empresa e outras atividades que exigem um orçamento maior.

Número de parcelas

O prazo de pagamento também precisa ser considerado antes de escolher o empréstimo com garantia. 

Obviamente, essa modalidade oferece prazos maiores para a quitação do valor obtido, diluindo as parcelas em um tempo maior. 

Contudo, isso também significa mais tempo pagando por juros. Caso não esteja preparado para arcar com uma dívida mais longa, escolha outra linha de crédito. 

Valor da parcela

Prazos maiores deixam as prestações mais leves no bolso. Essa é uma boa solução para quando surge uma emergência, ou quando o crédito será utilizado em um negócio com retorno de curto a médio prazo. 

Mesmo assim, é essencial fazer alguns cálculos e traçar uma previsão orçamentária para os próximos meses. 

Assim como qualquer outro tipo de parcelamento, evite se comprometer com valores que não poderá pagar. Seu bem-estar financeiro está em jogo. 

Onde fazer empréstimo com garantia de imóvel?

O empréstimo com garantia de imóvel é oferecido por bancos e cooperativas de crédito. As vantagens de solicitar seu empréstimo com uma cooperativa são inúmeras. 

Com a Ailos, por exemplo, você obtém total agilidade no processo — desde a simulação online até a contratação do crédito. 

Vale mencionar que as taxas de juros praticadas são mais baixas que a média do mercado. 

Além disso, você encontra soluções diversas para seus objetivos financeiros, com taxas reduzidas, liberação facilitada e parcelas que não pesam no seu bolso. 

Conheça as soluções de empréstimos e financiamentos pessoais da Ailos: crédito com taxas reduzidas para você realizar seus sonhos!

Conclusão

Conseguir um empréstimo com garantia de imóvel pode ser a solução que procurava para realizar sonhos financeiros  mais ousados, como construir ou reformar uma casa, comprar um carro ou investir em um negócio. 

Suas vantagens estão, especialmente, no ponto de oferecer valores mais altos com parcelas que cabem no bolso do cliente. 

Se você deseja conhecer outras modalidades de crédito que te ajudam a realizar seus objetivos, confira os produtos da Ailos!

Receba nossa newsletter

Inscreva-se

O Internet Explorer está sendo descontinuado.
Por favor, use outro navegador para acessar o blog. Veja alguns navegadores que você pode utilizar: