• 5 de setembro de 2022
  • 17 minutos

Score de crédito: descubra como funciona e como aumentar

17 minutos
portabilidade-de-emprestimo-entenda

O score de crédito, ou pontuação de crédito, é um fator determinante para a concessão de muitos empréstimos e financiamentos do mercado financeiro. 

Algumas pessoas sequer conseguem abrir contas em grandes bancos ou obter cartões de crédito se estiverem com o score baixo. 

Apesar de existirem algumas exceções, como financeiras que desconsideram a pontuação de crédito em troco do pagamento de juros maiores, grande parte das instituições, até mesmo lojas, usam este índice como referência. 

Isso significa que, se você deseja ter acesso facilitado a produtos e serviços financeiros, precisa comprovar um score alto. 

Mas, como ele é calculado? Onde consultar este valor e como aumentá-lo, de fato? Todas essas informações serão compartilhadas no artigo de hoje!

A equipe Ailos desenvolveu este conteúdo completo, com tudo o que você precisa saber sobre o score de crédito e como se beneficiar com este indicador. Continue a leitura e confira! 

Alcance seus objetivos com a ajuda das linhas de Crédito do Sistema Ailos! Clique e entenda como funciona

O que é score de crédito

O score de crédito é a pontuação que todos os consumidores têm, e indica o quão confiável você é no momento de pagar suas contas em dias. 

A escala vai de 0 a 1000, sendo 0 pouco provável que você pague seus acordos e 1000 muito provável. 

Com essas medidas, é possível que instituições financeiras como bancos e cooperativas entendam a saúde financeira do interessado antes de conceder qualquer linha de crédito. 

Assim, as chances de “tomar um calote” são mais baixas. Afinal, se você sempre pagou suas dívidas dentro do prazo, sem maiores problemas, a probabilidade de você continuar sendo pontual é alta. 

Para que serve a pontuação de crédito do score

A pontuação de crédito do score serve para que as empresas e instituições financeiras possam identificar o perfil de pagador que estão lidando. 

Uma das principais intenções é correr menos riscos, contando com a previsibilidade que a pontuação pode trazer sobre a tendência do consumidor de pagar contas em dias ou não. 

Assim, é possível fazer uma análise de crédito antes de disponibilizar empréstimos, financiamentos ou aprovar a criação de cadastros e crediários em lojas. 

Caso você apresente um score baixo, suas chances de conseguir um empréstimo ou financiamento são muito mais difíceis. 

Até solicitar cartões de crédito é mais complicado — mesmo que você consiga, seu limite de uso será muito abaixo da média. 

Para evitar um score baixo, é essencial entender como ele é calculado e quais são algumas formas de aumentar esse número. 

Como é feito o cálculo do score

como-calcular-score-de-credito

A construção da sua pontuação ou score se baseia em alguns pilares centrais, como: 

  • pagar as contas no prazo, antes do vencimento;
  • não ter histórico de cheques sem fundo ou protestos;
  • análise dos períodos em que você ficou negativado (caso exista);
  • manutenção e atualização dos seus dados de cadastro;
  • comportamento financeiro e relação com as empresas.

Com esses fatores, instituições como Serasa, Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) ou Boa Vista, podem gerar sua pontuação. 

Ela é calculada conforme a sua semelhança com o histórico e saúde financeira de determinados grupos. 

Com base em uma pesquisa prévia, foram estabelecidos alguns critérios e comportamentos em comum, classificados em pontuações. 

Como você já sabe, os valores vão de 0 (zero) a 1000 (mil), sendo eles:

  • 0 a 300: alto risco de inadimplência, pontuação baixa;
  • 300 a 700: risco médio de inadimplência, pode ser melhorado;
  • 700 a 1000: baixo risco de inadimplência, classificando os bons pagadores. 

O ideal é que você se mantenha no terceiro grupo: de 700 a 1000 pontos, o quanto mais próximo aos mil, melhor. Dessa forma, suas chances de acesso ao crédito serão muito maiores. 

No que a pontuação do score influencia 

A pontuação do score influencia em praticamente todas as compras ou solicitações de crédito que você fizer. 

Desde a simples abertura de conta corrente em grandes bancos, até o financiamento de uma casa, por exemplo, seu score será analisado como critério de liberação. 

Sempre que seu score estiver baixo, sentirá mais dificuldade em conseguir o que deseja — seja empréstimo ou compras de alto valor. 

Várias lojas e instituições podem consultar sua pontuação antes de decidir criar seu cadastro ou aprovar sua compra. Confira a seguir quais são elas. 

Quais empresas podem ver o score de crédito

Algumas empresas que têm acesso à sua pontuação, são:

  • lojas e estabelecimentos comerciais;
  • bancos, cooperativas e financeiras;
  • imobiliárias, corretoras e construtoras;
  • e até mesmo prestadores de serviços em geral.

Apesar de todas terem acesso ao seu score de crédito, é importante lembrar que tal pontuação será consultada apenas para fins de análises, nunca marketing, por exemplo, devido à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).

Por isso, todas contam com sistemas especializados de consulta, equipados com todos os protocolos de proteção de dados e segurança da informação necessários. 

Como consultar o score de crédito

como-consultar-score-de-credito

Consultar o seu score de crédito é muito simples e pode ser feito de modo online por meio do Serasa Score, SPC Brasil ou Boa Vista, também chamados de birôs de crédito.

Essas plataformas nada mais são do que bancos de dados que compilam de modo distinto as informações. Por isso, caso sua pontuação seja um pouco diferente em cada um, não se assuste! 

As consultas são gratuitas e, na maioria dos casos, é necessário fazer um rápido cadastro antes de concluir.  

A seguir, selecionamos um passo a passo completo para a consulta em cada uma dessas instituições. Confira! 

Serasa Score

Diferentemente do que muitos pensam, a Serasa Experian é uma empresa privada que não tem nenhuma relação com o Governo Federal ou outras instituições. Por isso, é necessário fazer um cadastro antes de consultar sua pontuação. 

Siga os seguintes passos: 

  1. acesse o portal Serasa (basta clicar);
  2. selecione a opção “consultar CPF”;
  3. no canto superior direito, selecione “criar uma conta” — você pode escolher criar com sua conta Google ou preencher todos os campos;
  4. com o cadastro feito e validado, basta fazer seu login;
  5. ao entrar, você verá seu painel inicial, com a pontuação do seu Serasa Score;
  6. na opção “entenda seu score”, você receberá mais informações sobre possíveis justificativas da sua pontuação, tais como poucas consultas ao CPF ou débitos em aberto;
  7. na área “meu CPF” também é possível visualizar dívidas negativadas, protestos, cheques sem fundo, ações judiciais, falências, quantas consultas foram feitas no seu CPF e quais foram as empresas responsáveis. 

Esse conjunto de informações é extremamente útil para entender o seu status financeiro e traçar planos de ação para aumentar a pontuação. 

Ao solicitar um relatório das consultas feitas do seu CPF, você também se certificará de que nenhuma empresa suspeita tem acesso aos seus dados. 

Caso isso aconteça, a Serasa Score também apresenta a opção de bloquear consultas do seu CPF, por meio da assinatura Premium. 

SPC Brasil

A segunda opção de banco de dados de score de crédito é o SPC Brasil, que também permite a consulta do seu CPF gratuitamente. 

Para acessar este serviço, basta seguir o passo a passo:

  1. entre no site oficial do SPC Brasil (basta clicar);
  2. ao clicar em “acesse agora”, você será direcionado para a página de login;
  3. caso ainda não tenha login, se cadastre, informando dados como nome, CPF, data de nascimento, e-mail e nome da mãe;
  4. para a validação dos dados, será necessário seguir um processo de autenticação, baixando um aplicativo específico no seu celular para ler o código QR dado, conforme o site instruir;
  5. e pronto — na página inicial você já verá seu score e informações sobre consultas do seu CPF.

Diferentemente do Serasa Score, o SPC Brasil não é tão detalhado sobre os motivos da sua pontuação, nem tem muitas opções informativas. 

Ele se baseia no Cadastro Positivo, o registro do seu comportamento financeiro ao decorrer do tempo.

Boa Vista (SCPC)

A última opção é a plataforma Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC), gerida pelo birô Boa Vista. 

Um grande diferencial do Boa Vista é a possibilidade de negociar suas dívidas pelo próprio portal, com o auxílio de ferramentas específicas, tudo online. 

Para acessar todos esses recursos, é muito simples:

  1. entre no site oficial do Boa Vista;
  2. informe seu CPF logo no campo inicial e clique em “consultar grátis”;
  3. a partir de então, você iniciará seu cadastro;
  4. se certifique de informar seu número correto de telefone, pois um SMS será enviado com o código de verificação;
  5. a diferença dos outros birôs é a etapa de confirmação que, neste caso, são algumas perguntas sobre o sobrenome em comum que você tem com a sua mãe, dia de nascimento dela e data do seu nascimento;
  6. seu cadastro estará completo — faça seu login e concorde com os termos de uso.

No painel inicial você já receberá sua pontuação e status no Boa Vista (se negativado ou nome limpo). 

Porém, no menu “Score”, no canto superior direito, você encontrará detalhes sobre a sua pontuação, inclusive como melhorá-la. 

Na aba “pendências”, você pode consultar quaisquer dívidas que estejam em aberto, além de cheques sem fundo. 

Um benefício interessante é a seção “Contas e Pagamentos”. Nela, você confere todos os seus pagamentos de faturas do cartão de crédito, contas de consumo, parcelados, consórcios e mais.

Entenda a sua classificação do score

Entender a sua classificação do score de crédito é muito simples. Após identificar qual foi sua pontuação, basta lembrar que, como é uma escala de zero a mil (0 a 1000), ela será medida em “ruim, mediana, e boa”. Confira as explicações detalhadas abaixo! 

0-300

Quanto mais próximo de zero, pior sua reputação. Esse grupo pode te classificar como “mau pagador”, ou seja, você provavelmente:

  • não pagou em dia certas dívidas;
  • possui financiamentos em atraso;
  • ou paga suas faturas do cartão em atraso. 

Cheques sem fundo também entram na lista de inimigos à sua saúde financeira. Estar neste grupo abaixo de 300 pontos indica que você é um consumidor que apresenta altas chances de inadimplência. 

Assim, será muito mais difícil conseguir linhas de crédito, abrir crediários em lojas, abrir contas em bancos ou mesmo comprar itens parcelados no cartão de crédito. 

300-700

A pontuação de 300 a 700 compõe a classe de “medianos”. Nem bons, nem maus pagadores. 

Neste caso, a chance de inadimplência é menor se comparada ao grupo anterior, e apesar de estar regular, ainda sim há riscos. 

Quem se encaixa neste grupo provavelmente tem algum débito mais simples em aberto, ou precisa de apenas alguns ajustes para aumentar sua pontuação. Pagar contas sempre no prazo, sem atrasar, pode melhorar sua pontuação. 

700-1000

Se sua pontuação é acima de 700, pode comemorar! As empresas consideram o seu risco de inadimplência extremamente baixo. 

Quanto mais perto dos 1000, maiores são suas chances de conseguir ótimas linhas de crédito e menos burocracia ao contratá-las. 

Além disso, também é possível negociar dívidas, caso você necessite. Por fim, se você estiver procurando um cartão de crédito com mais recursos e limite maior, será mais fácil conseguir. 

Afinal, você é visto como um bom pagador, já que: 

  • paga suas contas sempre em dias;
  • não tem nenhuma dívida em aberto;
  • não tem nenhum cheque sem fundo circulando;
  • nem protestos em seu CPF.

Assim, as instituições entendem que, se você pagou tudo em dias e teve responsabilidade financeira até agora, continuará tendo no futuro. 

Se o score estiver baixo, é possível pedir empréstimo? 

score-de-credito-baixo-emprestimo

Apesar de ser mais difícil, é possível sim pedir um empréstimo mesmo com o score baixo. A grande questão é que todo o processo será mais burocrático, além de ter que pagar juros mais altos. 

Como seu score é baixo, o banco entende que existem grandes chances de você não pagar. Por isso, precisa lucrar com os juros mais altos, que de certa forma compensam o risco. 

Mesmo que sua linha de crédito disponível seja mais baixa, ainda assim é possível solicitar um empréstimo pessoal, consignado ou qualquer outro. 

Você pode tentar aumentar seu score antes de pedir um empréstimo ou procurar opções mais flexíveis online, desde que esteja atento para não cair em golpes. 

O que é o cadastro positivo?

O cadastro positivo é como um complemento do score de crédito. Nele, são registradas todas as suas dívidas e pagamentos, incluindo os parcelamentos. 

Apenas os valores e prazos são mostrados, mas o conteúdo da compra, ou seja, os itens que você adquiriu, ficam omitidos. 

Assim, se você pagou contas com atraso, isso será mostrado. Caso esteja tudo correto, será mais fácil ainda conseguir boas taxas de juros e negociações de crédito.

Como aumentar o score de crédito

Existem 4 passos básicos para aumentar o seu score de crédito: desde o pagamento das dívidas no prazo, até um bom planejamento financeiro para evitar inadimplência. 

Selecionamos os 4 pilares abaixo, em detalhes, para que seu score suba e fique cada vez mais próximo ao mil. 

Pague suas dívida e limpe seu nome

Apesar de parecer óbvio, é muito importante ressaltar a necessidade de pagar todas as dívidas que estiverem em aberto no seu nome, independentemente de quanto tempo tenha passado. 

Diferentemente do que muitas pessoas pensam, dívidas não “caducam”. Mesmo existindo o prazo de 5 anos para a cobrança jurídica, o débito não desaparece após esse período. 

O credor ainda tem acesso à sua dívida. Por isso, é importante quitar tudo, o quanto antes. Negocie suas dívidas e pague aos poucos, mas pague. 

Somente assim é possível limpar seu nome e subir seu score com os outros passos subsequentes. 

Faça pagamento de contas dentro do prazo

Você pode ganhar muitos pontos se apenas pagar suas contas dentro do prazo. Evite atrasos a qualquer custo e se comprometa com os pagamentos dos seus débitos. 

Se você não tem uma memória tão boa, pode contar com lembretes e alarmes no seu celular, a fim de te avisar quando a fatura estiver próxima ao vencimento.

Você verá que é tudo uma questão de cultivar o hábito de checar seus boletos e pagá-los. Outra alternativa é selecionar um único dia no mês para programar todos os pagamentos. 

Mantenha seus dados atualizados

Se faz tempo que você não acessa seu cadastro nas instituições de consulta ao crédito, instituições financeiras e comerciais, é bom revisitá-los para atualizar. 

Manter informações como seu nome, endereço, número de telefone ou e-mail atualizados fará toda a diferença. 

Tenha organização financeira

Por último, mas não menos importante, tenha um bom planejamento e organização financeira! Ao mergulhar no universo das finanças, você verá que nada é um “bicho de sete cabeças”, como alguns dizem.

Você pode começar registrando em um caderno ou bloco de notas todos os seus débitos em aberto e suas expectativas de quitação. 

Caso você não tenha nenhuma dívida alta para ser paga, pode simplesmente começar a anotar tudo o que gasta durante o dia. 

Desde uma bala que você compra no almoço até a conta de energia que você paga. Os registros podem ser feitos à mão, em um papel, ou em um aplicativo digital. 

O importante é criar o hábito de anotar, para impedir que suas despesas se tornem maiores que as suas receitas. Este é o início da jornada. 

Leia também: Descubra como poupar dinheiro para alcançar os seus objetivos financeiros

Quanto tempo demora para aumentar o score?

quanto-tempo-para-aumentar-score-de-credito

Anúncios como “aumente seu score imediatamente” são enganosos. É impossível aumentar o score de uma hora para outra. Apesar de não existir um período mínimo, é possível estimar pelo menos 3 meses de esforço e cuidados para alcançar uma boa pontuação. 

Neste meio tempo, será necessário pagar todas as contas em dias, quitar quaisquer débitos que estejam em aberto e evitar novas dívidas desnecessárias. 

Recuperar sua saúde financeira leva tempo, mas é totalmente possível com determinação e autocontrole. Talvez seja necessário encontrar alternativas para renda extra, mas lembre-se que será temporário. 

Caso não consiga, talvez será necessário procurar uma linha de crédito pessoal mais baixa, se submetendo a alguns juros, para quitar as dívidas mais rapidamente. 

Quando recuperar uma boa pontuação, se esforce para não comprar nada por impulso ou assumir compromissos que você não terá como manter. 

Está precisando de crédito pessoal? Confira como podemos te ajudar!

Perguntas Frequentes sobre Score de Crédito: 

Existem muitas perguntas frequentes sobre score de crédito. Pensando nisso, a equipe Ailos desenvolveu este guia rápido com respostas curtas e objetivas para te ajudar. Confira abaixo. 

Quantos pontos no score é considerado bom?

Acima de 300 seu score já é considerado regular, ou seja, não tão ruim. O ideal, porém, é alcançar a pontuação acima de 700, sendo que quanto mais próximo aos 1000, melhor. Para isso, faça o seguinte:

  • quite todos os seus débitos;
  • pague suas contas sempre em dia;
  • mantenha seus dados cadastrais atualizados;
  • não assuma compromissos financeiros que você sabe que não pode cumprir.

Qual a pontuação score para pedir empréstimo  

Você pode pedir um empréstimo com qualquer pontuação de score. Porém, abaixo de 300 é cada vez mais difícil e burocrático, com a possibilidade de pagar taxas de juros maiores. Acima de 300 o cenário começa a mudar, com maior facilidade de acesso. 

Como consultar score com CPF

Consultar score de crédito com CPF é muito simples. Basta acessar o site do Serasa Score, SPC Brasil ou Boa Vista, citados acima, fazer seu cadastro e consultar o seu CPF. 

Empresas, porém, precisam de sistemas específicos, geralmente pagos, para consultar vários CPFs por dia, para minimizar o risco de inadimplência em seu estabelecimento. 

Conclusão

Percebeu como consultar e aumentar o score de crédito é simples? Basta ter as informações corretas em mãos e montar um passo a passo para sair das dívidas e evitar novos débitos. 

Neste artigo, você entendeu o que é, como funciona, como consultar e como gerenciar sua pontuação de crédito em 3 instituições diferentes: Serasa, SPC e Boa Vista. 

Também descobriu que ter organização financeira é o segredo para ter sucesso e ver o dinheiro render, sem se sentir desesperado todos os meses com os boletos que não param de chegar. 

Por fim, viu que as cooperativas oferece uma das melhores linhas de crédito do mercado cooperativista, que pode te ajudar a conquistar seus objetivos financeiros, além de te ajudar a regularizar suas dívidas.  

Se você gosta de conteúdos sobre educação financeira e economia colaborativa, precisa conferir o Blog Ailos. Aqui estão alguns artigos que podem te interessar: 

Receba nossa newsletter

Inscreva-se

O Internet Explorer está sendo descontinuado.
Por favor, use outro navegador para acessar o blog. Veja alguns navegadores que você pode utilizar: