• 15 de novembro de 2022
  • 10 minutos

Investimentos seguros: confira os melhores e mais rentáveis produtos!

10 minutos

No mercado financeiro brasileiro, existem inúmeras opções de investimentos. Algumas apresentam maior risco e alta rentabilidade, enquanto outras oferecem mais segurança. 

Entretanto, muitas pessoas têm dúvidas sobre como esse universo funciona, bem como quais os investimentos seguros para aplicar seu dinheiro. 

Quem prefere ter mais previsibilidade, deve saber que há opções interessantes. Nesse sentido, vale a pena conhecer as possibilidades para entender quais oferecem mais vantagens, de acordo com seus objetivos financeiros. 

Continue acompanhando o conteúdo a seguir para descobrir quais os investimentos mais seguros do mercado!

Conheça os investimentos financeiros da Ailos: produtos com segurança e rentabilidade acima da média do mercado!

Investimentos seguros: é possível ter rendimentos com segurança?

Diversas pessoas ainda acreditam que o mercado de investimentos é complicado demais e envolve altos riscos. 

Isso não é inteiramente verdade, pois existem maneiras de investir sem enfrentar grandes perdas. Um investimento seguro é aquele que oferece risco mínimo para o investidor. 

Títulos de renda fixa, por exemplo, são bastante conhecidos pela segurança, já que apresentam boa previsibilidade de ganhos — você sabe como a rentabilidade acontecerá.

Além disso, o emissor do ativo é bastante confiável. Então, possui altas chances de honrar com os compromissos e não deixar o investidor sem retornos. Um deles é o próprio Governo, que emite títulos públicos.  

Outro fator essencial para a segurança é a transparência. Você deve ter acesso total às informações do seu investimento, como o local no qual ele está depositado, quais as taxas envolvidas e em quanto tempo ele estará disponível em sua conta novamente. 

Para aumentar ainda mais a proteção, existe o FGC (Fundo Garantidor de Créditos). Em caso de falência do emissor, o fundo devolve até 250 mil reais por CPF e à instituição emissora. 

Também há um limite global da cobertura de até R$1 milhão, renovável a cada 4 anos. 

O que torna um investimento seguro?

Depois de entender que existem meios de investir com segurança, deve estar se perguntando como identificar um investimento seguro. 

Um dos critérios de avaliação é a volatilidade. Investimentos de renda variável, como ações, sofrem variações de preço e, assim, apresentam mais chances de perdas. 

Já os investimentos de renda fixa — mencionados acima — oferecem uma taxa de juros previamente estipulada. Por isso, não envolvem alta volatilidade. 

Contudo, para manter a segurança do investimento, é interessante mantê-lo até o final do prazo, evitando o resgate antecipado.  

Outra forma de analisar a segurança de um investimento é por meio da situação econômica do país. Oscilações no mercado financeiro, como a inflação, significam maiores riscos. 

Desse modo, é importante acompanhar como certos ativos se comportam nesses cenários. Títulos de instituições financeiras consolidadas oferecem menores riscos. 

Investimentos seguros: as 7 opções mais populares

Agora você já entende bem o que é ter segurança ao investir e como identificá-la. Mas, para escolher o investimento mais seguro do mercado, é necessário conhecer as opções disponíveis. Veja abaixo!

Certificado de Depósito Bancário (CDB)

Você já deve ter ouvido falar no CDB (Certificado de Depósito Bancário); um dos investimentos mais seguros e rentáveis. Possui baixo risco e complexidade mínima, além de ser garantido pelo FGC. 

Quando um investidor aplica em um CDB, está emprestando seu dinheiro ao banco, que utilizará essa quantia como crédito para emprestar a pessoas que precisem de seus serviços. 

Então, na data do vencimento, o investidor recebe o dinheiro aplicado de volta, com os valores corrigidos e o acréscimo de uma taxa de juros. É importante destacar que os rendimentos dos CDB’s são tributados pelo IR. 

Tesouro Direto

Mais um dos investimentos seguros em nossa lista: o Tesouro Direto. Nessa aplicação, você empresta dinheiro para o Governo Federal, para que ele consiga realizar suas ações no país.  

Na prática, o investidor obtém um título da dívida pública no Tesouro Direto. O valor aplicado é utilizado pelo Governo para executar obras de infraestrutura, compra de equipamentos e outras realizações. 

Em troca, o investidor recebe a quantia de volta em uma data definida no momento da aquisição, corrija com os devidos acréscimos, além de um percentual de juros. 

Como o emissor do ativo é o próprio Governo Federal, os riscos dessa aplicação são praticamente inexistentes. É impossível que o Tesouro descumpra seus compromissos financeiros, mesmo que o país enfrente uma crise econômica.

Letra de Crédito Imobiliário (LCI)

Outro investimento altamente seguro é a LCI, ou Letra de Crédito Imobiliária. Essa modalidade de investimento está diretamente ligada com o mercado imobiliário brasileiro.

Nesse sentido, oferece boa rentabilidade, além de outros atrativos. Um deles é ser coberto pelo FGC, garantindo que o investidor não sofra prejuízos, caso a instituição emissora do ativo venha a falir ou não cumprir com os compromissos. 

Outra vantagem é que se trata de um ativo isento de IR. Essa é uma das características que devem ser avaliadas em conjunto com a viabilidade da aplicação. 

Afinal, existem opções no mercado que, mesmo com a tributação do IR, oferecem mais segurança e/ou rentabilidade melhor. 

Letra de Crédito do Agronegócio (LCA)

Mais uma opção entre os investimentos seguros e com boa rentabilidade é o LCA, ou Letra de Crédito do Agronegócio.

Bastante semelhante ao LCI, possui isenção no IR, além de ser garantida pelo FGC. A maior diferença entre os dois ativos está no segmento do mercado. 

Enquanto o LCI pertence ao mercado imobiliário brasileiro, o LCA está diretamente relacionado com o setor do agronegócio. 

Em ambos investimentos, o indivíduo adquire uma Letra de Crédito em uma instituição financeira, que utilizará os valores no desenvolvimento dos respectivos setores mencionados. 

Letras de Câmbio (LC)

A LC, ou Letra de Câmbio é outro investimento de renda fixa bastante seguro e rentável. Essa modalidade de investimento costuma ser disponibilizada por sociedades de crédito, investimento e financiamento. 

Portanto, os valores arrecadados com as vendas de LC, são utilizados por essas instituições para realizar suas respectivas operações financeiras. 

Em troca, o investidor que obteve uma LC, receberá seu dinheiro corrigido e com os devidos acréscimos de uma taxa de juros. Também é coberto pelo FGC. 

Porém, ao contrário do LCI e LCA, a Letra de Câmbio não possui isenção do IR, que incide semelhante ao CBD. 

Precatórios

Os Precatórios são mais uma opção entre os investimentos seguros e rentáveis do mercado. Tratam-se de Ativos Judiciais de processos tidos como ganhos.  

Ao investir em ativos judiciais, o investidor adquire da parte ganhadora o direito de recebimento do valor total do crédito, por uma quantia bem menor. 

Então, o processo judicial será de quem compra e, assim, o valor a ser pago será destinado ao investidor. 

A parte que vendeu esse direito, tem a necessidade urgente de receber o dinheiro e, por isso, fica disposto a negociar ou receber menos, com mais agilidade. 

Uma grande vantagem dos Precatórios é a alta rentabilidade, bem como a garantia legal sobre o valor a ser recebido.  

Letra Hipotecária

Por fim, mas não menos importante, existe a LH, ou Letra Hipotecária. É um investimento de baixo risco, rentável e protegido pelo FGC. 

Calculadas em cima de um indexador (IPCA, CDI etc.), funcionam de forma parecida com a LC, com a diferença que o dinheiro é aplicado em hipotecas. 

Seu rendimento pode ser prefixado ou pós-fixado — maior possibilidade de rendimento. 

Poupança ainda é um investimento seguro?

Como você viu mais acima, existem diversas opções de investimentos seguros e rentáveis no mercado. Inclusive, todos eles oferecem mais rentabilidade do que a Poupança

Apesar de muitas pessoas acreditarem que terão um bom retorno financeiro aplicando nesse ativo, a realidade é que ele não é uma boa opção de investimento, pois oferece uma rentabilidade abaixo da inflação, prejudicando o poder de compra futuramente. 

Contudo, a Poupança apresenta riscos baixíssimos, além de ter um processo de abertura super simples. Basta ir até a instituição financeira escolhida e apresentar a documentação necessária.

Em seguida, é só aplicar o dinheiro e utilizar o cartão recebido para acompanhar os rendimentos. 

Mesmo com a alta segurança, a Poupança fica atrás das alternativas de investimento listadas anteriormente. Seus rendimentos não ultrapassam os 6% ao ano — teto para quando a Selic fica acima de 8,5% ao ano. 

Taxa Selic: o que é? 

A Taxa Selic representa o juros básico da economia no Brasil. Seus movimentos afetam todas as taxas de juros praticadas no país — taxas cobradas por bancos ao oferecer seus serviços, ou juros recebidos de investimentos.

A sigla Selic significa “Sistema Especial de Liquidação e de Custódia”. Trata-se de um sistema gerido pelo Banco Central, no qual são negociados títulos públicos federais. Então, a taxa média registrada nessas operações diárias, equivale à Selic.

Como investir com mais segurança?

Com tantas informações valiosas sobre investimentos seguros, é de se imaginar que você não tenha mais dúvidas sobre como aplicar seu dinheiro sem riscos. 

Entretanto, é compreensível que ainda não esteja preparado para colocar em prática tudo o que aprendeu por aqui. Veja nossas dicas abaixo!

Conheça seu perfil como investidor

O primeiro passo da jornada dos investimentos seguros é conhecer seu perfil investidor. Ao todo, são 3 perfis, que indicam diferentes conhecimentos e comportamentos sobre o mercado financeiro:

  1. Perfil Conservador: investidores que estão dando os primeiros passos nesse universo, que não gostam de correr riscos e priorizam a segurança. Preferem investir em Renda Fixa;
  2. Perfil Moderado: investidores com alguma experiência no mercado financeiro, que ainda priorizam a segurança, mas estão dispostos a correr riscos menores em troca de maior rentabilidade. Investem em Renda Fixa e em Ações de baixo risco;
  3. Perfil Arrojado: investidores com alta experiência no mercado financeiro, dispostos a correr grandes riscos em troca de alta rentabilidade a longo prazo. Investem majoritariamente em Renda Variável e uma parcela menor em Renda Fixa. 

Tenha uma planejamento

Crie um planejamento claro do que você pretende conquistar com o dinheiro investido. A partir disso, poderá adequar suas aplicações à sua metas, acelerando a realização de sonhos, como uma viagem, compra da casa própria ou aposentadoria. 

Diversifique sua carteira

Outro ponto importante nessa trajetória dos investimentos seguros é a diversificação da carteira. Para garantir a proteção dos seus ativos, é essencial não investir todo seu dinheiro em um só lugar. 

Ao aplicar tudo em uma opção, as chances de retornos abaixo do esperado são altas. 

Isso porque, no período em que o dinheiro estiver aplicado, a Taxa Selic ou a inflação podem subir, ou a ação de uma empresa pode cair, prejudicando o desempenho do seu investimento.

Então, a melhor saída para esse cenário é colocar seu patrimônio em aplicações variadas. Assim, caso determinado ativo não apresente o desempenho esperado, outros podem compensar esse resultado. 

Invista em instituições com credibilidade

O mercado financeiro não se mantém com sorte. Instituições financeiras de credibilidade estão sempre acompanhando esse setor para certificar que seus negócios correrão conforme o esperado. 

O Banco Central, por exemplo, tem a função de fiscalizar tais instituições para verificar se elas estão operando corretamente, seguindo a legislação. 

Então, se alguma entidade sem regulamentação com o Bacen lhe oferecer oportunidades de investimentos, recuse.

Estude sobre educação financeira

Outra recomendação é apostar em educação financeira. Manter uma rotina de aprendizado constante é essencial para saber fazer boas escolhas na hora de investir. 

Existem cursos, workshops, palestras, livros, vídeos na Internet que compartilham conhecimentos fundamentais sobre mercado financeiro. Assim, você terá mais confiança para tomar decisões.

Conheça os investimentos financeiros da Ailos: produtos com segurança e rentabilidade acima da média do mercado!

Conclusão

Neste conteúdo, você aprendeu quais são os principais investimentos seguros do mercado financeiro brasileiro, como identificar seu perfil investidor e quais os passos para tomar boas decisões de investimentos. 

Lembre-se de manter os estudos sobre o assunto em dia, assim poderá fazer escolhas embasadas em informações confiáveis. Na hora de escolher os melhores ativos, prefira os produtos de instituições confiáveis, como os da Ailos!

Receba nossa newsletter

Inscreva-se

O Internet Explorer está sendo descontinuado.
Por favor, use outro navegador para acessar o blog. Veja alguns navegadores que você pode utilizar: